Semanas a gravidez meses

Calcular semanas em meses de gravidez Acompanhe a sua gravidez, semana a semana. Saiba quais as principais alterações que ocorrem no seu corpo a cada semana e como se desenvolve o bebé. Calcular semanas em meses de gravidez é, para a grande maioria das mulheres, algo confuso uma vez que a idade da gravidez não corresponde à idade do bebé 37 semanas de gravidez são quantos meses. Ou seja a gestante com 27 semanas de gravidez desde a dum está com pouco mais de 6 meses de. O bebê já pode nascer a qualquer momento mas ele poderá permanecer ainda na barriga da mãe até as 41 semanas de gestação somente crescendo e engordando. Às 35 semanas de gravidez as pupilas do teu bebé começam a dilatar-se e a focar. Agora também pratica alguns gestos como deitar a língua de fora frequentemente, o que faz parte do desenvolvimento dos reflexos de que necessita para mamar.Nesta semana, os pulmões do bebé terminam o seu processo de amadurecimento. 2 meses - Entre 4 semanas e meia a 9 semanas. Aos 2 meses de gravidez o bebê já pesa de 2 a 8 g. O coração do bebê começa a bater com 6 semanas de gestação aproximadamente e, embora ele ainda seja semelhante a um feijãozinho, é nesta fase que a maioria das mulheres descobrem que estão grávidas. Gravidez Sintomas de gravidez: 7 sinais de que pode ter um bebê a caminho query_builder 27 nov 2017 - 20h11 Gravidez É normal a gravidez chegar até 42 semanas? query_builder 27 jun 2015 - 18h06 Gravidez 11 dicas para aliviar a ansiedade na reta final da gravidez query_builder 16 out 2017 - 16h10 Às 26 semanas de gravidez, o teu útero mede cerca de 26 centímetros e, a partir de agora, vai continuar a crescer cerca de um centímetro por semana. A partir deste mês, o teu peso deve aumentar por volta de 350 gramas por semana, com um aumento máximo de cerca de 10 kilos no final da gravidez. Lembrando que, embora 40 semanas seja a data prevista, é considerado normal a gravidez ir até 42 semanas. Caso você saiba direitinho o dia do começo da sua última menstruação, use nossa calculadora da gravidez para descobrir o dia em que as 40 semanas terminam, ou seja, qual é a data prevista para o parto. A calculadora é uma forma simples de verificar com quantas semanas de gravidez você está e, a partir de então, prever a data do seu parto. Isso facilita muito a vida das futuras mamães que, muitas vezes, se veem perdidas nesses cálculos. Em geral, o bebê demora 40 semanas para nascer. Isso mesmo, são dez meses, praticamente! 1 Hoje em dia a gravidez é contada em semanas, mas nem sempre foi assim. Antigamente eram contadas em meses de gravidez, e isso pode confundir um pouco a cabeça da mulher.; 2 Pela grande diferença encontrada de uma gestação para outra nos 'mesmos meses gestacionais', foi decidida a contagem da gravidez por semanas.; 3 A ultrassom é que constata de fato em que estágio a gravidez está e ... 1º Trimestre 3 meses 10 a 13 semanas e meia de gestação. 2º Trimestre 4 meses 13 semanas e meia de gestação a 18 semanas. 2º Trimestre 5 meses 19 a 22 semanas e meia de gestação. 2º Trimestre 6 meses 23 a 27 semanas de gestação. 3º Trimestre 7 meses 28 a 31 semanas e meia de gestação. 3º Trimestre 8 meses 32 a 36 semanas de ...

"Os apaixonados são os piores"

2020.09.25 04:13 lucas1-rodrigo "Os apaixonados são os piores"

Boa noite p/ quem está lendo!
Uso o Reddit a alguns meses e logo no início me deparei com esse sub e achei sensacional... Um lugar pra jogar tudo o que sente p/ fora, sem julgamentos, livre p/ falar qualquer coisa que machuca você. E o melhor de tudo, sem aquela vergonha chata de se expressar emocionalmente.
Já a algum tempo eu venho procurando alguém pra desabafar. Achei, 'desachei', desabafei com quem não deveria e no fim, decidi vir aqui. Pretendo usar meus dedinhos p/ tornar toda essa merda que eu sinto em palavras e frases, um grande e longo desabafo, uma explicação ( acho que pra mim mesmo), e, talvez uma carta de suicídio.
Eu estou p/ entrar na vida adulta, ou seja, ainda sou o que chamam de jovem. Não tenho muita vivência em anos, sem muitas experiências pelo mundo, ainda não sei de muitas artimanhas de lidar com as coisas no geral, coisas da vida, grandes ou pequenas que tu aprende... Bom, aprende vivendo. Mesmo assim, eu me sinto como se tivesse vivido décadas, emocionalmente falando. Quanto mais eu olho para os dias, meses e anos que estão atrás do hoje, mais parece que eu passei por coisa demais, vivi demais, p/ um... Jovem.
Morte de pessoas próximas, amor daquele tipo que te faz repensar a vida, repensar a vida em si, erros que poderiam me levar p/ vala antes da hora, mais morte, mais amor e por fim, eu desistindo de tudo.
Quer dizer, quantas vezes na vida uma pessoa conhece alguém que te muda quase que completamente? Comigo aconteceu duas vezes em um período relativamente curto.
Talvez seja pelo fato de meu controle emocional não ser o mais eficiente, ou pelas minhas péssimas e impulsivas decisões que vem com a emoção no comando ao invés do cérebro, mas durante esse ano e uma parte do ano passado eu >senti< mais do que em toda a minha vida.
Senti muito, senti coisas boas, ruins, péssimas, incríveis. Fui do céu ao inferno da noite p/ dia, me ergui decidido a viver a melhor vida que eu conseguisse alcançar com meu esforço, e fui jogado na lama de novo.
'Jogado na lama' é uma boa definição do que aconteceu comigo.
A primeira vez de uma emoção me derrubar foi em 15 de janeiro de 2019. Meu pai, com seus 39 anos, faleceu. Vítima de um tumor cerebral raro. "Possibilidsde de Lesão Glial de Tronco Cerebral não pode ser descartada" era o que estava escrito no primeiro exame do meu pai, após uma massa ofuscar uma parte da radiografia. Na época, eu não fazia ideia do que isso significava. Minha mente inocente acho que pelo fato da palavra "lesão" estar ali seria algo relativo a um machucado. Achei que ele poderia ter batido a cabeça e causado alguma coisa estranha. Mais tarde, depois de ler isso, eu fui pesquisar sobre esse termo, e logo vi que lesão pode também se referir a tumor. Dito e feito. E pior, um tumor raro, que quase sempre aparece em crianças e quase nunca em adultos da idade do meu pai. E pior ainda, inoperável. Uma cirurgia na região onde a massa estava deixaria sérias sequelas, isso se ele resistisse a cirurgia. O tratamento com radioterapia e quimioterapia foram as únicas opções. Pouco a pouco, ele foi morrendo. Perdendo os movimentos dos membros do corpo, coma, e o resto é de se imaginar. Incrivelmente, ele não sentia dor. Ao menos ele falava que não.
Ele se foi no dia 15 de janeiro, no dia 19, nasceu meu irmão. Sim minha mãe passou a gravidez do segundo filho dela cuidando do meu pai acamado. Tendo que passar por todo esse estresse. E mesmo assim, ela com o barrigão contendo meu maninho estava lá, firme e forte todo o dia. Ele nasceu muito saudável e muito bonito, conforme foi crescendo, foi desenvolvendo as feições do meu pai. Eu puxei a minha mãe, ele o meu pai. Acho que ele deixou uma extensão dele p/ gente.
Eu nunca fui muito próximo do meu pai e isso é uma das coisas que me arrependo e muito. Eu com a minha birra adolescente. Ele não era alguém fácil de se conviver, isso não. Mas ele era um homem extremamente honesto, de caráter, cuidador e muito alegre. "Homem com h maiúsculo", como minha mãe diz. Não ter me aproximado do meu pai quando eu tive a chance é uma das coisas que eu me arrependo e sinto vergonha, muita vergonha.
Minha mãe me disse uma vez que "amor vem da convivência", quer dizer, é relativamente verdade. Se tu conviver com alguém, todos os dias, interagir com essa pessoa, tu vai acabar desenvolvendo alguém sentimento, seja fraternal, amoroso... Um sentimento. Mas isso só se a convivência for positiva. O fato de eu sempre estar retraído, "arisco" com meu pai, talvez tenha feito eu não amar ele o sulficiente p/ morte dele me derrubar. Eu não sei. Minha mãe chorou por meses, eu chorei só no momento, no dia e pouco depois. Me sinto culpado por não ter chorado mais, sentido mais. É estranho dizer, mas eu queria ter sido jogado na lama por isso. Esse momento sim, seria importante o suficiente p/ uma queda. Não as bobagens que me derrubaram depois. Mesmo assim... Cá estou eu, na lama por... Nada tão importante.
Um ano se passou e eu conheci esse cara, que foi super legal no início. Ele foi o primeiro cara que eu conheci que foi legal comigo, me levava p/ passar a tarde em parques, comer algo em algum restaurante, tomar um sorvete, ou simplismente ficar com ele com ele, no carro, conversando sobre tudo e sobre nada. Ouvir ele contar suas histórias, pensamentos, crenças e sua visão de mundo passou a ser meu passatempo favorito. Ele me fez repensar toda a minha vida, queria mudar tudo o que eu já tinha planejado, e não era pouca coisa, p/ simplismente tentar ser tão interessante quanto ele era. Eu me iludi ainda mais nisso tudo, pois em todo o tempo que a gente ficou junto, nunca nem transamos, no máximo uns amassos e mão boba. Eu pensa que isso era um sinal de que era uma conexão o que a gente tinha, não sexo, não corpo, mas sentimento. Eu me apaixonei, perdidamente e claro, não estaria comentando aqui se tivesse sido uma história feliz. Minha insegurança me levou a tomar decisões que, se olhadas de longe, poderiam ser vistas como eu me auto destruindo. Muita coisa, mas muita coisa mesmo aconteceu. "Merdinha doente" ele me chamou disso, e o que mais me doía na época, era que ele tava certo. 'Certo' por me chamar assim, eu mereci, mas não certo nas atitudes dele. Eu sempre fiz questão de deixar claro o quanto eu gostava dele. E ele sempre desconversou. Isso foi me consumindo... não entender o que ele de fato sentia foi aumentando a minha insegurança e ele via isso acontecer, não é como se eu tentasse esconder. Mas sabe, não falar no problema, não resolve ele. Quando eu tomei a decisão que começou a formar o bolo de merda, eu já estava no fundo do poço: Eu parei de comer direito, perdi peso por isso. Minha imunidade baixou, tive algumas feridas no corpo. Eu podia dormir 10 horas por dia, mas era como se eu dormisse apenas uma. Tava na lama, pela primeira vez, eu me sentia um coco. Mas eu ainda tinha energia de sobra p/ empurrar essa bola de erros até ela crescer o sulficiente e quase me esmagar e isso >quase< aconteceu... Porém, eu consegui um diálogo com ele. Uma última conversa, e aí me resolvi. Ao menos ouvi a verdade: Não era recíproco o sentimento, ele me via como uma experiência de vida, algo novo a se tentar, nada sério. Da p/ imaginar como é ouvir da pessoa que te fez se sentir apaixonado pela primeira vez e fez você repensar a vida... que tu não é mais que uma experiência nova, quase um diversão? De toda forma, ou eu aceitava isso de uma vez, ou eu era esmagado. Decidi aceitar, procurei ajuda profissional (doutora, muito obrigado!) E optei por aplicar toda a minha energia em mudança, p/ mim mesmo, p/ meu bem estar.
Isso tudo não foi de todo ruim. Passei a me conhecer melhor, entender mais os meus motivos, e principalmente conhecer esse lado emocional descontrolado que eu desconhecia até então. No meio do furacão, inclusive, sai do armário p/ minha mãe, não que isso seja importante, de toda forma, eu entendi que eu era uma bomba relógio. Era só eu me cuidar pra não explodir de novo... E não fiz isso muito bem
Semanas se tornaram meses e eu estava bem. Relativamente bem. Não radiante, motivado a mundo. Nem depressivo, querendo nem acordar de manhã. Mas bem o sulficiente p/ tocar a minha vida. Eu gosto de pensar que eu vivo numa linha reta, e tenho que permanecer assim, estável, reto, religiosamente sem 'oscilações' nessa linha, e era assim que eu estava.
Quando eu me senti pronto p/ recomeçar a conhecer outras pessoas, eu fui atrás disso, até por que eu não sou santo, e tenho minhas vontades. Nisso, eu conheci esse outro cara, e aí que meu estado atual começou.
Com ele eu achei que seria diferente.
Durante o primeiro mês, tudo estava ótimo, eu via que era recíproco, eu gostava dele, e tínhamos uma conexão ( se é que me entende ) fenomenal. Ele me dizia que eu era o primeiro cara que ele ficou tanto tempo, o único que ele pensava em sair, em conhecer. Que não queria ficar com mais ninguém, só comigo.... Isso é um sinal de reciprocidade, não é? Afinal, eu também estava me sentindo assim. Apaixonadinho de novo, que erro.
Blá blá blá, conversa vem e vai e senti que ele tinha mudado comigo. Não estava no ritmo de antes. Demorava pra responder, não era mais tão presente, estava casual demais. Como eu não gosto de joguinhos, tentei, várias e várias vezes conversar sobre, deixei bem claro o quanto eu gostava dele. Sempre deixei. E ele desconversava, dizia que não queria falar sobre o assunto. Eu aceitava. Ia fazer o que? Pirar de novo? Não. Achei que com a intimidade estava vindo a casualidade. Ok né?
Até que esse cuzão surgiu do inferno p/ me atormentar.
Um fake, vindo da pqp, começou a me mandar mensagens através de um perfil do Instagram. Ele me chamava de corno, gado, cachorrinho bem treinado. O perfil, era recheado de conversas onde ele, o cara que eu tava apaixonado, falava com outros caras, sacanagem, nudes, fotos, ele combinado de sair com outros caras. Tinha coisas do perfil +18 no twitter dele, o dele claramente falava sobre essas coisas, como se estivesse saindo ou conversando com outros caras. Além claro, dele ter um perfil desses.
Era verdade tudo aquilo? Como eu ia saber, poderia muito bem ser um fake, é fácil fazer fakes hoje em dia. Mas também poderia não ser, tinha coisas lá que estavam de acordo com a realidade.
Preferi relevar, e confiar nele, até que o próprio veio até mim falando de um fake. O mesmo fake, aparentemente, só que no twitter.
Como havia coisas pessoais, ele chegou a desconfiar de mim, quase mandei ele a merda.
Bom, nesse vai e vem, descobri que era tudo verdade, as conversas e prints. Ele disse que conversava com outros caras, que estava no Grindr. E... Tudo bem? Afinal, não tínhamos nada sério, certo? Errado.
No início eu aceitei. Somos ficantes, eu pensei, vamos levar isso da melhor forma possível, mas não era o que eu sentia. Repensando nossa relação até ali, em muitos momentos ele deixou a entender que gostava de mim, que só queria a mim. Eu cheguei a questionar ele uma vez, se eu poderia continuar com os meus sentimentos por ele e, embora ele tenha hesitado, ele disse que sim. Sabe, atitudes falam >muito<, e as dele falavam exatamente isso. Então por que, do nada, isso?
Aconteceu algumas coisas, e depois de muito insistir ele falou o que eu já sabia, ele no início estava afim de mim da mesma forma que eu estava afim dele, mas ele mudou de ideia, e quando percebeu isso, eu já estava apegado. Ao invés dele ser sincero e responsável e conversar, ele simplismente decidiu continuar com isso, pois, segundo ele, ele gostava de conversar comigo, e queria minha amizade... Sério? Tu deixa eu me apaixonar por você por que gosta de conversar comigo? Enquanto marca de "fazer trenzinho" com outros caras, enquando diz que vai estar ocupado fazendo prova, mas está saindo pra ir fazer sacanagem. Ele me manteu gado por ele por que... Queria continuar conversando comigo. É justo isso? Manipular, mesmo que sem querer, alguém só p/ atender os próprios desejos? Qual é...
Eu cheguei pensar que eu que tinha me iludido, que ele só estava ficando e eu me apaixonando, e seria isso mesmo, se as atitudes dele não fossem outras.
Sinceramente, eu caí de novo, dessa vez pior que antes. Agora eu me senti manipulado, usado, iludido, feito se trouxa, desconsiderarado.
Eu tentei expressar isso pra ele, mas enquanto eu me abria pra ele, ele dividia a atenção entre eu e o seja lá o que no Grindr. Sim, eu achei o perfil dele lá e o via online enquanto eu tentava ter um diálogo, com ele.
Ele falava que sentia muito e queria me ajudar a sair dessa. Que se importava, se importava comigo de todo o jeito, mas aí saia da conversa e voltava p/ Grindr, sumia.
Usado, lixo, manipulado, um brinquedo.
É como eu me sinto. Um brinquedo usado.
Entrei no poço, e cabei fundo. A dor que eu sinto, o mau estar, o cansaço mental estão acabando comigo. Não consigo me desconectar, tenho noites em claro, qualquer coisa me irrita, não tenho apetite, parece que tem um peso nas minhas costas.
Eu estou na merda.
E sabe o que mais me dói? Ele não está nem aí. Eu acho que tornei ele minha âncora, e achei que eu era a âncora dele. Agora que tô vendo que ele me jogou pra escanteio, no mesmo lugar onde estão os caras que ele ia marcar se fazer "trenzinho", eu tô me doendo por não ser importante o suficiente. Assim como eu era no início, onde tudo era compartilhado um com o outro.
Não me entenda mal, eu sei que relações vem e vão e não devemos nos apegar demais, aprendi isso na primeira vez, mas é justo quando você acha que está numa relação recíproca e torna a pessoa seu porto seguro e ela demostra que você pode fazer isso? Tem como não se apegar em alguém que não te fala a verdade e você não sabe dela? Eu achei que eu sabia, por isso não me preocupei e me deixei levar.
Bom, depois de tudo, eu percebi uma coisa: não tenho energia p/ continuar. Na primeira vez, eu tava com gás p/ voltar pra normalidade. Agora eu só quero dormir e não acordar.
Eu me sinto sozinho agora, sem ter ninguém p/ me apoiar.
Esse é só uma dos meus problemas, eu não tô assim 100% por isso, mas isso foi um gatilho, apagou a vela que eu tinha p/ enxergar a frente. É como se eu estivesse sujo de lama a antes, e agora estivesse mergulhado nela. Não sei o que fazer, não tô mais aguentando. Eu choro, choro e não resolve.
A única coisa que me agrada agora é dormir, dormir profundamente. Por que assim eu não penso, não sinto. É como deixe de existir. Toda essa dor some, e só volta no dia seguinte. Acordar é desgosto sem tamanho. O dia é um desgosto, a única coisa que vale a pena, é chegar em casa, me entupir de calmante e dormir... E é isso que eu pretendo fazer.
Não sei se isso que eu sinto é só uma fase, provavelmente é, mas é uma fase que vai durar muito tempo, tempo que eu não quero esperar passar. Ou melhor, eu não tenho energia p/ aguentar passar. Por isso não quero mais acordar depois das minhas horas de sono, quero continuar dormindo pra sempre. E só tem um jeito p/ isso..
Eu sinto pela minha mãe e meu irmão mais novo, minha mãe principalmente, vai sentir o peso disso demais. E eu tô sendo um egoísta do caramba ao fazer isso, mas eu posso ser egoísta uma vez na minha vida. Eu sempre me doei p/ os outros, quando eu gostava, como já deu p/ ver, eu colocava a pessoa em 1° lugar. E isso com minha mãe também. Mas já cansei disso, cansei de tudo e não me importo com mais nada, queria, mas não consigo.
No momento eu estou com dezenas de medicamentos num saquinho, tomando coragem p/ tomar eles. Não sei se tenho essa coragem, e se eu acordar amanhã, é por que não tive.
De todo jeito, acho que desabafei bem. Obrigado a você que leu.
submitted by lucas1-rodrigo to desabafos [link] [comments]


2020.09.15 16:21 felthiedmtg Uma questão acerca dos direitos dos homens em relação à gravidez.

Edit: adicionar aqui alguns pontos antes do post principal leitura opcional mas recomendada:
Ponto 1: li nos comentarios que alguem pensou que se tratava de um post de validação por parte da minha pessoa, não tenho que justificar nada, não ha nem uma menção a que eu engravidei uma moça e quero fugir a responsabilidades, de qualquer forma, não é o caso, foi um post criado como forma de saciar curiosidade pois era totalmente leigo acerca de opinião publica e leis sobre o assunto.
Ponto 2: há casos e casos, por exemplo: Casal 1 está numa relaçao ha 4 anos, preservativo rebenta, wtv, o gajo ou nao diz nada ou seguem os dois a sua vida em feliz ignorancia ate que se apercebem que algo esta errado e o menino decide saltar borda fora sem nada discutir e exige o que quer que seja. Casal 2 proporcionado por um encontro no tinder, conhecem-se há 2 meses e a mulher tomou algum medicamento que interfere com a pilula ou o preservativo apresenta uma microrotura que gera uma gravidez indesejada. O meu post visa mais falar acerca do casal 2 que do casal 1.
Ponto 3: eu não sou a favor de aborto forçado a pedido do homem devido a opiniões divergentes.
Post principal:
Desde que a legalização do aborto foi implementada, uma mulher pode escolher terminar uma gravidez indesejada ate às 10 semanas, compreendo perfeitamente que alguém o possa querer fazer quando o filho é indesejado não obstante as circunstâncias da concepção do mesmo.
Mas é preciso dois para dançar o tango, e se eu, que sou homem, engravidasse uma mulher (acidentalmente e nao planeado obviamente), nao quisesse o filho nem as responsabilidades que advém da existência do mesmo? Estaria à mercê da escolha da minha parceira sexual e de todas as consequencias inerentes a ter um filho indesejado ou poderia renunciar ao estatuto de pai se a mulher quiser levar avante a gravidez?
É que nao me faz sentido que uma mulher possa abortar o meu filho por escolha e que eu nao possa renunciar a ele se ela quiser levar avante e tiver sido um acidente mas nao consigo encontrar nada acerca disto.
submitted by felthiedmtg to portugal [link] [comments]


2020.08.01 17:52 Natalia_Richarde2020 O DIA QUE FUI AMEAÇADA DE MORTE PELA EX

oi luba, turma, gatas maravilhosas, papeis assassinados, editores e possível convidado (que quase nunca tem), hoje vou contar minha triste historia de como fui corna e traída por amigos. bom luba essa é a minha primeira vez participando e espero muito que goste da historia.
ps: estou repostando, pq a anterior tinha alguns detalhes faltando e alguns erros de português ( me perdoe se ainda conter alguns), mas sem delongas vamos a historia.
Eu tinha uma amiga e a gente era bem próximas no período do ginásio e aí quando fomos para o 1° ano do colégio (2015) foi quando eu conheci um menino e a gente sempre foi próximos e por mais que ele trocava de turno na escola (por conta de trabalho),mas isso não interferia nossa amizade e nessa época ele começou a namorar essa amiga minha e cara eu shippava eles pra caralho e sempre apoiava e tudo mais, mas quando foi no 3°ano do colégio (2017) eu e esse meu "amigo" ("amigo" pq eu considerava ele mais um irmão) a gente caiu na mesma sala e aí ele sempre me pedia conselhos sobre o namoro pq segundo o que ele me contava, ela era muito infantil no namoro e tinha ciúmes demais e ainda tinha ciúmes de mim e tipo sempre dei conselhos para ele conversar com ela e assim se resolverem e essa amiga minha em vez de chegar em mim e perguntar as coisas para mim, ela simplesmente mandava outras pessoas perguntar sobre minha relação com o namorado dela e bom sempre fui sincera e sempre falei que considerava ele como meu irmão e que eu e ele não tínhamos nada. Mas ela sempre vinha com as criancices e tudo mais e depois dele passar o ano todo nesse chove não molha ele pediu mais conselhos para mim sobre e eu já tinha dado vários conselhos e o namoro deles não melhorava e o mais sensato quando isso acontece é o término (principalmente quando o diálogo não funciona mais) e aí eu falei para ele que se não tinha jeito que ele terminasse com ela, pq eu não queria o meu irmão sofrendo e assim ele fez e nisso começou o inferno, pois, ele começou a ficar com uma outra amiga nossa e ela começou a xingar eu e essa menina para o colégio todo e sempre quando alguém ia tirar satisfação, bom se fingia de que não tava fazendo nada e que os outros queria envenenar ela para nó,s blz os dias foram passando e aí eu e ele começou a ficar mais próximos, pois a gente cantava no mesmo ministério e aí a gente acabou começando a ficar serio e após 1 mês e começamos a namorar e aí a ex dele veio de mimimi para o meu lado sobre ele e dizia que ele amava ela ainda e aí eu contei que a gente tava namorando e tudo mais e que ele já tinha esquecido ela e que era pra ela seguir a vida dela(maldita hora que fui falar isso) essa menina começou a nos perseguir e nesse meio tempo conheci uma menina (meu namorado que apresentou ela)e ela se tornou uma irmã e ela sempre me ajudava em tudo ( guarde essa "melhor amiga/irmã", pois ela é importante), bom essa ex dele começou a nós perseguir e me atormentar e vindo conversar comigo no whatsapp (na maioria das conversas era nós duas brigando) e vinha postando indiretas para mim (e eu como uma boa pessoa retribuía as indiretas, com outras indiretas) e nessa época eu trabalhava e meu namorado sempre ia lá e passava um tempinho lá para me ver, mas teve um dia que ela viu ele lá e foi lá e sentou do lado dele e começou a me provocar tirando fotos dele e postando com legendas fofas e logo depois ela foi na mulher que cuidava do caixa e era amiga dela (essa mulher era bem próxima minha, era quase uma mãe no trabalho, foi ela que me ensinou tudo e me ajudou com tudo sempre, ou seja ela sabia da historia e ela iria me defender e me contar) e essa garota começou a falar que eu tava atrapalhando o namoro dela com ele e falando outras coisas além disso e tentando me envenenar para ela e meio que querendo que eu perdesse meu emprego, mas essa mulher já sabia da verdade e apenas acalmou ela e falou que se ela namorasse ela o pq de quando ele caiu de moto eu que estava lá do lado dele no hospital e não ela e quem cuidou dele foi eu e não ela e outras coisas e nisso ela saiu e a mulher veio conversar comigo e falar o que ela tinha falado e nisso eu comecei a chorar e tudo mais, pois meu psicológico tava totalmente abalado e estava totalmente frustada com tudo ( e também tinha medo dessa menina fazer eu perder meu emprego, pois era meu refugio aquele trabalho e por mais que era difícil lidar com as pessoas, aquele trabalho me fazia esquecer dos problemas em casa e no pessoal) e aí passou um tempo e ela ainda estava atormentando e um certo dia ela veio falar para ele que tava grávida dele (pois eles tinha feito fuc fuc 1 mês antes da gente começar a namorar ou seja, quando a gente estava ficando serio) e aí ele veio até mim e me contou tudo e eu perdoei ele e aceitei ele mesmo tendo um filho com ela e que estaria aqui para ajudar ambos no que precisar e umas horas mais tarde ela apareceu e começou a forçar ele a terminar comigo e ele falava que não ia terminar e ela ficava insistindo e aí eu perdi a cabeça e comecei a discutir com ela no meio da praça e todos olhando (puta vergonha que passei), mas aí como eu vi que ele não estava bem parei de discutir e ele foi conversar com ela e até que conseguiu fazer ela ir em bora e ai ele decidiu não assumir a criança, porém ajudar financeiramente ela e ela não aceitava essa ajuda nossa e fazia altos dramas ( de como ia ser o filho dela sem pai presente e tudo mais) e até que um dia a gente fez ela fazer exame para a gente realmente saber se era verdade a gravidez (como ela tinha uma certa fama de destruir relacionamentos dos outros, a gente foi ter certeza se procedia a história) e aí no dia que eles marcou os exames, meu namorado ia com ela neh, porem ela não esperou ele e tirou sangue sem ele e isso aí já fez a gente suspeitar da procedência do exame (pq o laboratório não era tao confiável), mas aí passou uns dias os resultados chegaram e dizia que ela tava realmente grávida e ainda sim existia a dúvida de ser dele e ela ainda continuava infernizando a gente e aí sempre que eu pedia conselhos para aquela "amiga" minha, ela sempre falava para mim terminar com ele e nunca me apoiava e tudo mais e isso me fez ter um pulga atrás da orelha sobre fidelidade dela (mesmo ela falando que ele não fazia o tipo dela, pq ela pode estar mentindo e a fama dela não era tão boa assim, tanto que tinha vindo pessoas me alertar sobre ela) e comecei a ficar esperta, pq meu namorado sempre que a gente ia sair ele gostava de passar na casa dela e tudo mais (e também comecei a ficar alerta, quando meu cachorro avançou nela, sendo que ele é amoroso e tem teorias de que cachorro tem o sentido de descobrir que não tem boas intenções e isso já me deixou encafifada e também teve um dia que a gente foi na casa dela e eu meio que me senti excluída ) e aí um dia a gente marcou de ir eu, meu namorado e a ex dele para a gente sentar e conversar sobre e bom esse dia chegou e após muita discussão ele me escolheu e ela não queria aceitar e começou a fazer chantagem e ainda mandando indiretas para mim por celular e a gente discutia sempre no whatsapp e aí teve um dia que ele foi por um ponto final e aí ela me ameaçou de morte e tudo mais (pse ele gravou um áudio sem ela perceber e ela me ameaçava e falava que se ela não podia ficar com ele, que eu não ia ficar e que ela poderia ir pro inferno por me matar, mas ela não se importava) e quando descobri isso fique desesperada e com medo e com raiva por ele nunca por um ponto final e tudo mais e isso tava me fazendo perder muito cabelo e eu ter crises de ansiedade, pois estava aguentando essa barra toda sozinha, pois não tinha apoio de ninguém (minha mãe sabia do namoro, porém nunca fui de dividir os problemas com ela e ela amava meu namorado) e aí um dia a ex dele teve um aborto espontâneo e aí ela parou de nós infernizar (esqueci de falar que ela sempre falava que ele só está a comigo para fazer ciúmes nela e tudo mais kkkk sendo que ele odiava ela) e aí a gente começou a ter paz, porém ele começou a ficar mais distante (ele falava que eu era a que tava distante, sendo que eu sempre fazia textinho e ele sempre falava as mesmas coisa que ''ele estava surpreso e não sabia o que dizer'' e demais desculpas esfarrapadas e até gastei 150 reais em uma aliança nova, pois eu tinha perdido a outra numa viagem e cara sempre fazia surpresas eu dava 100% de mim e ele nem 50% dele e isso me deixava muito triste e insegura comigo mesma) e um dia ele foi trabalhar em uma festa e aí ele me traiu com uma outra amiga nossa e ele falou que não foi culpa dele e que a menina que tinha beijado ele e tudo mais (e eu a trouxa perdoei)(esse rolo todo foi em 2018) e aí o ano passou e faltando 2 semanas para acabar fevereiro de 2019 ele me pediu um tempo e nesse período aquela minha "amiga" começou a postar fotos com ele com legendas fofas e tudo mais e era todos os dias praticamente e aí eu me afastei dela e aí nesse período saiu o resultado do meu vestibular e eu consegui passar aonde eu queria e aí eu e meu namorado marcou de conversar e resolver o nosso namoro (pq eu tava quase indo para outra cidade por causa da faculdade) e a gente foi no dia que a gente completava 1 ano de namoro e aí ele chegou deu feliz 1 ano e aí começou a falar que me amava,mas que ele tinha medo de eu ir para outra cidade e trair ele ou conhecer alguém melhor que ele e tudo mais (sendo que qualquer babaca seria muito melhor que ele e serio eu trair ele? esses medo era pq ele era o infiel da relação)e aí ele falou que se eu queria terminar com ele e aí eu falei que seria melhor a gente terminar, pq se pra ele nosso relacionamento a distancia não ia funcionar, então para que continuar e aí ele veio me abraçou e começou a chorar, porém percebi que aquele choro não era muito verdadeiro e aí eu chorei vindo para casa, mas era um choro dele alívio e um pouco triste por ter que contar para minha mãe que a gente tinha terminado, pois como a gente terminou eu estava tranquila que eu não iria sofrer mais e assim iria para outra cidade e não precisarei conviver com aquelas pessoas e aí alguns meses após o término meu ex veio conversar e pedir desculpas por tudo que ele tinha feito e pedir uma segunda chance, pois ele tinha se arrependido de tudo (pq ele tinha namorado e essa menina tratou ele tão mal, quanto ele me tratou e aí ele se deu conta das merdas que ele fez com quem realmente amava ele e que sempre cuidou e quis seu bem), porém após esse término eu comecei a ter mais alto estima e perceber que eu merecia alguém muito melhor e que ele e aí eu naturalmente dei um fora (ele começou a falar coisas do tipo ''você fazia cursinho fora e você acha que eu não iria desconfiar de algo'', insinuando que eu tinha traído ele e eu me estressei e comecei falar e por pra fora tudo e ai ele viu o quão errado ele estava) e uns dias depois um amigo meu veio me contar que esse ex meu tinha ficado com essa "amiga" minha um pouco depois que a gente terminou e eu fui e perguntei para ele e ele me confirmou e aí eu cortei minha amizade com aquela "amiga" e aí ele queria continuar a amizade comigo e eu aceitei, porém sempre fui fria e aí ele veio reclamar que eu não era a mesma e que eu estava fria com ele e aí eu falei que depois de tudo ele queria ainda que eu fosse igual com ele e fingisse que tava tudo ok e aí ele parou de falar comigo, por atualmente eu já os perdoei e queira que ele sejam feliz, contei para minha mãe os reais motivos de eu ter terminado com ele uma semana depois de ter me mudado para outra cidade, pq eu não tinha coragem de contar cara a cara e aí lubinha atualmente eu encontrei alguém que realmente me ama e me valoriza do jeito que sou e sempre me anima e sempre está disposto a tudo por mim, tanto que foi ele que me apoio a vir contar para você essa historia (eu e ele te assiste e então sempre que a gente joga a gente usa algumas frases suas), bom lubinha tenho algumas prints das conversas e queria muito poder deixar aqui para você ver, mas não sei como faz para colocar kkkk, a já ia esquecendo de contar que essa ex namorada dele sempre tentava fazer meu amigos se virarem contra mim, porem não conseguiu e então é isso lubinha essa é minha historia de quando fui traída em um relacionamento e em amizades . bjs lubinha e obrigada por todas as noites de diversão que você me proporciona (principalmente com o quadro nice mendigos e sempre coloco eles quando estou com crise de ansiedade ou insonia, pois me ajuda a acalmar e dormir) e caso queira julgar quem foi o babaca da historia pode ficar a vontade (apesar de eu achar que todos foram kkkkk). é isso lubinha,bjs e desejo todo o sucesso do mundo para você, seus editores e turminha. então é isso bjs lubinha, amo você.
submitted by Natalia_Richarde2020 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.03 06:59 Dygufa10 Uma gravidez dura em média 9 meses

Uma gravidez dura em média 9 meses (39 semanas). Os órgãos sexuais começam a se desenvolver em torno de 9 semanas, o que significa que seu pênis fica dentro de sua mãe por aproximadamente 30 semanas ou 5040 horas. Convertendo isso em minutos (5040x60) dá 302.400 minutos. O tempo médio de uma relação sexual é de 5,4 minutos. Então você teria que transar mais de 56.000 vezes para ficar dentro de outra mulher por mais tempo do que de sua mãe.
submitted by Dygufa10 to copypastabr [link] [comments]


2020.07.01 04:11 sooool-e-cafe- aquele do filho estranho e da vizinha mão leve

Olá turma, papelões (vivos e não vivos), gatas, Luva, editores e seres que estão a ver, eu sou a Sol. Minha história começa em meados de 2018 quando comecei a morar com minha e meu padrasto (porque minha mãe descobriu que estava grávida, guardem isso). A casa que a gente mora é alugada e é junto com outras 5 casas todas num terreno só, minha família mora em uma das casas do segundo andar e nossa área de lavanderia fica na laje que é no último piso, detalhe; dividimos a lavanderia com a vizinha que mora na outra casa do segundo piso, vamos chamá-la de Galrs. Era muito bonito, a gentileza da Galrs, os papos que ela e minha mãe tinham, coisa de amiga mesmo, Galrs até se ofereceu pra ser madrinha da minha irmã e tudo, Galrs vivia pedindo favores a minha mãe que nunca recusou nada e tal, amizade daqui, amizade acolá se foram oito meses. Em algum momento desses oito meses eu e mamãe descobrimos que o filho mais velho de Galrs ficava nos espiando trocar de roupa da laje, até hoje tenho arrepios, ela é sinistro, e não num bom sentido. Enfim, com a chegada dos oito meses da minha mãe e da aproximação do dia do parto a gente começou a arrumar tudo, e uma das coisas que tínhamos que fazer era lavar todas as roupas da minha irmã, tarefa que mamãe deixou para mim. Como minha irmã tinha muitas roupas e nosso lado da lavanderia tinha poucos varais nós tivemos que pedir emprestado os da Galrs, que concordou de bom grado só que em troca pediu para minha mãe (com oito meses de gravidez) cuidar dos três filhos dela para que ela fosse "resolver algumas coisas", minha mãe como a pessoa gentil que é, não soube recusar e aceitou. Assim uma semana se foi, todas roupas estavam limpas, e era dia de cuidar das crias da Galrs. Tudo ia bem nas primeiras horas, as criança estavam quietas e tudo ia de acordo, conversei com minha mãe, perguntou se ela ia ficar bem, ela disse que sim então eu decidi tirar um cochilo no meu quarto (as crianças estavam na sala), acordei algum tempo depois com a sensação de que alguém tinha passado a mão em minhas nádegas, mas quando abri os olhos era só o filho da Galrs dizendo que minha mãe pediu pra ele me acordar (até hoje tenho suspeitas dele), no fim as crianças tinham se transformado completamente e isso fez minha mãe passar muito nervoso, o que não foi nada bom pra ela, tendo em vista quão avançada estava a gravidez. Depois desse dia minha disse a Galrs que não poderia ficar mais com os filhos dela e ela (a Galrs) enlouqueceu completamente, xingou minha mãe de mil e um nomes e fez questão de deixar claro o quanto os filhos dela eram muito melhores do que eu, além de não olhar mais na nossa cara, é claro. Como estávamos perto do fim do ano, teria uma formatura na minha escola, e mamãe disse que iria belíssima, então ela pegou seu melhor salto e seu melhor vestido e levou pra laje para dar uma limpada (salto esse que ficou lá secando), alguns dias depois, no dia da minha formatura mamãe voltou para pegar se saltos e adivinhem, eles não estavam lá, o que era estranho porque ninguém consegue ir na lage se não passar pela nossa porta, ou pela janela, e a gente não viu ninguém estranho, acabou que mamãe teve que usar outro salto mas conseguimos ir a formatura. Muitos dias depois mamãe viu a irmã da Galrs com um salto igualzinho ao dela que tinha sumido, então ela perguntou a Galrs onde a irmã dela tinha comprado, e com a maior cara de pau do mundo Galrs respondeu: "eu vi lá na laje e peguei emprestado, achei que tu não se importaria, devo ter esquecido de avisar", nessa hora sangue me ferveu e eu não aguentei, falei um monte pra ela e ainda joguei na cara dela que o filho dela era um tarado sem vergonha, Garls se revoltou mais do que antes e começou a gritar horrores com a gente, acabou que os outros vizinhos tiveram que acabar com a discussão e ela não falou mais com a gente, alguns dias atrás ela se mudou e eu quase dei pulos de alegria.
submitted by sooool-e-cafe- to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.28 12:39 NayhAlmeida Sou babaca por não contar para minha família que estou a um ano morando fora do Brasil?

Olá galera, criei essa conta só para contar essa história. Desculpe os erros de português,estou muito nervosa e me sinto muito estranha contando isso.
Me chamo Nay, mas vou preservar minha família dessa exposição então não usarei os nomes deles. Nasci de uma gravidez indesejada, não convivo com meu pai e minha mãe me deixou com minha avó para viver com meu padrasto, pois na época ele exigiu que eu não existisse entre os dois, então eu morava com minha avó, meu avô, meu bisavô João e meu tio. Minha família é muito conservadora, é de interior de Minas e é muito fervorosa religiosamente, com isso eles sentiram muita raiva da minha mãe com isso tudo, na época meu tio tinha 15 anos e era o prodígio da família, pois iria ser padre, e meus avós faziam de tudo por ele até eu nascer e tomar toda essa atenção e cuidados, meu tio ficou muito irritado alguns primos falam que ele falava que eu estava dormindo quando pequena só para que as amigas da minha avó não fosse me visitar, o tempo passa eu já com 12 anos e meu tio foi "rejeitado" na escola dominical com decidiu fazer faculdade, mas meu bisavô decidiu em vez de ajudar ele nos custos e essas coisas, que teria prometido antes, ele me colocou em um Colégio particular bom da minha cidade, pagar cursos de pintura (que amo) e essas coisas, meu tio ficou com muita raiva de mim e quando todos não viam ele me batia e fazia com que tudo de errado da casa caísse sobre mim, exemplo quem quebrou isso? Deve ter sido a Nay, minha avó não gostava das minhas atitudes já que eu não ia a igreja com ela, detestava rezar o terço e isso piorava com o que meu tio fazia, meu bisavô morreu quando tinha 12 anos e então esse ano foi péssimo entrei em depressão, todos me acusavam de não dar valor o que meu bisavô fazia, por conta de não ir com ele na igreja, enfim repeti na escola por faltar, pois nem a aula queria ir emagreci, tentei coisas contra minha vida, mas minha avó achava isso frescura de adolescente querendo aparecer. Daí pra frente minha vida foi um inferno, comecei a trabalhar em um emprego de meio expediente depois das aulas, minha avó começou a exigir que eu pagasse contas da casa para ajudar, mas com tempo ela começou a exigir que eu pagasse a estadia, que se eu morasse ou estivesse em hotéis eu estaria pagando mais. Então eu pagava tudo com contas equivalentes que minha avo fazia, tipo conta 300 dividia por moradores e eu pagava minha parte.
Nota: ate meus 15 anos.
A mãe de uma amiga minha ficou mal com aquela situação que eu passava e perguntou se eu queria morar com ela em Belo Horizonte, juntei meu dinheiro e fui, minha família deu graças por não ter esse peso, meu tio na época morava sozinho com seu amigo no rio de janeiro já estava formado na faculdade e trabalhava lá.
Passada uma semana que estava em BH fiquei sabendo que a cidade toda estava de fofocas, principalmente nos eventos da igreja que minha avó ajudava, sobre minha família ter me "expulsado de casa", pois era assim que eles pensavam, fofoca ne, então minha avó começou a me ligar pedindo pra que voltasse que tudo iria mudar, mas eu já estava bem, trabalhava meio período, estudava e adorava ter paz quando chegasse em casa, minha avó começou a me chantagear falando que se eu não voltasse ela iria morrer e dramas dessa forma, que estava mal por não estar comigo. Então numa tentativa desesperada minha avó fingiu estar mal e pediu o médico que a internasse no hospital para fazer exames, já que ela estava muito mal, sim na minha cidade alguns médicos fazem TUDO que você pede se pagar. Então nessa hora meu tio me liga dizendo que se eu matasse minha avó ele iria ate no inferno me buscar, fez um escândalo com a mãe da minha amiga dizendo que eu fugi de casa, publicou isso em todas as redes sociais com minha foto, falando que eu era a pior pessoa do mundo pra minha família que minha avó estava doente por conta minha, detalhe que naquela época eu tinha no meu Facebook meu chefe e amigas de trabalho, então fui demitida em uma conversa estranha sobre eu ser uma pessoa melhor e voltar pra minha família, chorei muito e voltei. Quando cheguei minha avó estava em casa com a cara mais plena do mundo, falou que não sabia que meu tio fez aquilo, que ela não pediu isso e que ela nem estava tão mal assim, que não tinha culpa e eu voltei por quis, dai pra frente no natal e reuniões de família eu evitava meu tio, minha avó vê meu tio como o menino de ouro dela que nunca a decepcionou então para ela meu tio fez certo. Dai até os meus 18 anos trabalhei e estudei, pagava a minha moradia e não tinha amigos, pois para minha avó ninguém tem amigos e que amigo é só Deus, que todos me invejavam e essas coisas então minha avó arruinava minhas amizades falando e fazendo coisas e depois fingindo que não fez. Chamava minhas amigas de vagabundas quando eu não estava em casa para não me chamarem que eu não ia sair com aquele tipo de gente.
Então com 18 anos conheci meu ex ele morava em outra cidade no caso uma cidade universitária, ele estudava lá, mas ele nasceu na mesma cidade que eu então a gente se conheceu por isso, expliquei para ele como era minha família porque sei que não é fácil pensar isso deles já que são muito ligados a igreja e a família dele também, vou pular uma parte longa do começo do nosso namoro até ele descobrir os podres da minha avó pois não é o foco, enfim eu fui fazer faculdade na mesma cidade que ele, consegui auxilio alimentação da universidade e moradia então morava no campus e comia lá, era bem puxado pois fazia matemática e dividia quarto com mais 3 pessoas que nem conhecia, mas era necessário eu queria ter paz na vida, eu não entrei na faculdade por querer algo como me qualificar eu só queria sair de casa, minha família ficou orgulhosa por vários motivos, primeiro que meu ex era de "boa família", segundo que eu estava fazendo faculdade federal e então estava tudo ótimo para eles certo? Errado eles me cobravam constantemente pra terminar meu curso, quem é de exatas entende o quão tenso é você decorar 1 milhão de fórmulas e na hora da prova não saber qual é a primeira que irá usar e o branco vir, então no começo a adaptação é tensa, cobrava que eu casasse com meu ex no caso já estavamos com 2 anos de namoro e morávamos juntos nessa época, mas como disse eu e ele não ligavamos pra eles, eles me mandavam dinheiro através da conta do meu ex para que eu possa comer algo, era bem pouco mas ajudava sim não posso negar, pois comprava pão e leite, eu já ia para casa só nas férias e minha família continuava querer cobrar minha estadia quando ia, exemplo: você ficou 10 dias, então com a luz, água e x o valor fica xx, eu achava isso um absurdo, pois eu ia só para visitar minha família (obs.: minha mãe separou do meu padrasto e teve minha irmã com isso as duas foram morar com meus avós, então eu ia para ver ela) Mas com o tempo passei a ir só no natal e voltava antes do ano novo, então não dava tempo de se meterem na minha vida, o tempo passou e meu namoro já tinha virado mais amizade que amor, então decidimos separar, mas não falamos para minha família logo, ja que na visão da minha avó eu não consigo me virar sozinha sem meu ex, e nenhum homem será bom que nem ele, então mantivemos essa mentira por um tempo e quando contei minha família achou que seria uma fase e que a gente voltaria logo, sendo que já tínhamos superado e já tínhamos ficado com outras pessoas, passa o tempo e em 2019 decidi que iria viajar, queria a muito tempo, mas meu ex não programava falava sempre um dia e um dia, mas acabava que nunca chegava esse dia, então decidi mesmo que minha família brigue por viajar sozinha eu iria, tinha juntando dinheiro e queria viajar para fora do Brasil. Em outubro de 2019 eu conheci meu atual pelas redes socias, iria viajar no ano novo decidi que seria para Portugal e então comecei a olhar as coisas do país, onde ficar e com isso acabei falando com ele, ficamos íntimos muito rápido e na primeira semana falávamos de tudo um com outro, conversa vai e vem e eu decidi que iríamos nos ver assim que eu chegasse. Mas com o tempo essa paixonite ficou mais séria e eu e ele só pensavamos o que fazer quando eu voltasse pro Brasil e ficasse longe, porque pra mim uma viagem dessa seria de 5 em 5 anos, e ele é militar acaba que não tem tempo também para viajar, então decidimos com ele que eu iria ficar lá com ele (não foi assim do nada foi pensado e seria um teste se desse errado eu voltava), mas sim faltava 3 meses para isso, então eu arrumei as coisas, resolvi questões já que morava sozinha então tinha coisas a fazer e resolvi que faltando 1 semana pra ir eu iria para minha cidade falar com minha família sobre isso, pois não daria tempo deles tentarem arruinar esse meu desejo e eu queria que fosse algo leve que eu explicasse que eu teria dinheiro e se eu quisesse voltar eu voltava, mas quando cheguei em casa a minha avó mandou eu fazer comida, pois não tinha comida para mim lá e que eu podia fazer mas reclamou e reclamou que eu não estava com meu ex e falava pra eu dar orgulho para ela, eu travei e não consegui falar, enfim viajei, pedi conselhos ao meu ex, pois ele mais que nunca sabia como era isso tudo e ele disse que assim que eu arrumasse emprego em Portugal, mostrasse que estava aqui, explicava tudo e falava que estava bem e trabalhando e no caso até poderia mandar dinheiro pra ajudar eles (algo que eles iriam ficar "orgulhosos"). Mas o destino meus amigos, o coronga entrou em ação quase 1 mês depois que estava aqui e ficou impossível de conseguir emprego, minha avó começou a não gostar deu estar sozinha no Brasil e então comecei a mentir falando que estava com amigas e que estava bem, meu tio começou a jogar umas indiretas sobre eu não estar em casa já que eu não fazia mais vídeos chamadas com minha avó, e minha avó falava em voltar sempre com meu ex, eu não consegui falar, pensei que conseguiria ficar com visto de trabalho e que com isso eles não poderiam sei la fazer algo para que eu voltasse para o Brasil, fora que meus sogros já acham estranho essa história de se conhecer pela internet do meu namorado e eu, então pensava que meu tio poderia achar nas minhas redes sócias meu sogro e inventar coisas e piorar meu relacionamento com eles, eu sou extremamente feliz com meu namorado, não sinto o peso da família sobre isso, podemos fazer o que quiser, voltei com meus cachos coisa que minha família detestava e nunca deixava que eu voltasse, ele me apoia e sinto que foi a melhor coisa que fiz é ter dado essa chance pra nós dois. Minha avó detestou que voltasse que os meu cachos mas meu namorado me apoio muito nisso. Minha avó gravou um áudio chorando falando que estraguei meu cabelo que minha mãe e ela viram meu cabelo na foto de perfil do whats que a mesma daqui e que estou péssima devo estar louca terminei meu namoro e agora isso que só faço desgosto e coisas do tipo, respondi com: eu estou linda me amo assim lide com isso. Minha avó de vez em quando manda dinheiro pra mim como presente, ja disse que não preciso, pois vejo que assim ela acha que eu tenho obrigações com ela, mas ela mansa pois sabe minha conta do banco e sempre me convence fala do a compra uma blusinha pra você e talz foi fulana que mandou (no caso fala que o dinheiro é presente de primos, madrinhas meu avô). Em Dezembro desse ano ira fazer um ano que vou estar aqui, pensei que em novembro poderia falar com minha família que iria viajar em Dezembro e fingir que esse meu 1 ano não existiu já que quase não fiz nada aqui por conta do coronga e até lá eu iria tentar me regularizar no país, então não teria a possibilidade deles fazerem algo contra, ao mesmo tempo tenho vontade de falar que já estou aqui quando eles me ligam e tirar esse peso, mas sei que as consequências podem ser muito piores e já que eu aguentei ate agora eu aguento até dezembro. Minha avo me liga regulamente e não sabe do meu atual relacionamento fico mal, mesmo sabendo que se eu apresentar meu atual ela não ira gostar dele da mesma forma que meu ex, por conta dela exigir essa coisa de boa família, eu queria que ela visse o quanto ele me faz bem e como sou muito mais muito feliz com ele.
Eae gente sou babaca de não falar que estou aqui em Portugal para minha avó e família?
Ps.: é irrelevante, mas meu tio é gay, esse amigo dele é marido dele, ele "esconde" isso da minha família, eles tem casa juntos, compraram carro juntos, tem dois dogs juntos, mas contam para todos que são amigos,quando outros familiares falam que acham isso estranho minha avó e minha mãe, ameaçam todos falando que é difamação e que eles vão ter que provar judicialmente. Para minha família isso seria algo horrível, não gosto do meu tio acho ele falso e dissimulado, mas fico mal por minha avó não aceitar ele e mesmo eu sendo heterossexual tenho amigos gays, bi etc... e minha avó não aceita o fato de ter "colegas" (já que pra ela não tenho amigas) bi e lésbicas, pois vão pensar mal de mim e elas só querem me levar para esse caminho do mal.
submitted by NayhAlmeida to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.25 07:19 TakanoriYumiko Sou babaca por não deixar o pai do meu filho vê-lo?

Olá Luba, Mateus/Matheus <3, editores, possível convidado, turma, pessoal que está a ver e pessoal que ainda vai ver, (Sou de Curitiba Luba se quiser pode fazer sotaque Curitibano rsrs) Então Luba a minha história é a seguinte, eu sou uma babaca por não deixar o pai do meu filho ver ele? Tudo começou no ano de 2014 (Tinha 17 anos) e ai conheci o Farls o pai do meu filho de 1 ano e quatro meses, viramos muito amigos, em 2015 eu comecei a namorar com um amigo nosso Carls, e o nosso namoro durou em torno de 2 anos, em Novembro de 2016 no dia do meu aniversário Carls terminou comigo, depois de ter feito uma festa de aniversário linda, muito linda até ai tudo bem, e o Farls bom o Farls estava sempre do meu lado, e como ele era amigo do Carls e eu, ele ficou do meu lado, me dizia que a atitude do Carls não foi nada legal, e nisso chegou 2017, passei a virada do ano de 2017 para 2018 com o Farls e sua família, pois meus pais tinham ido viajar, e como sou filha única fiquei sozinha, como Farls e eu estávamos bêbados, e todos sabem que corpo de bêbado não tem dono, acabou eu fiquei com o Farls kkkkk, não vou negar ele era bom, muuuuuuuuuuuito bom, voltando no foco, e depois dessa noite, começamos a ficar fixo, até que virou namoro, ele fez tudo bonitinho, tudo nos conformes, me pediu em namoro, foi conhecer meus pais, meus avós a parentaiada toda, e ai começamos a namorar, isso já era fevereiro, nosso namoro começou no dia 18 de Fevereiro de 2018 (guardem essa data), ok, depois disso foi só festa, suíte 14, banheira de espuma, e depois de alguns meses eu comecei a passar mal, ter alguns enjoos, e fui com a minha sogra, fazer um exame Beta HCG (para quem não sabe, testa de Gravidez pelo sangue), e o resultado? Positivo 3 semanas, eu entrei em desespero, meu coração acelerou, eu só pensava, minha mãe vai me matar, e pronto, e para contar para meus pais que eu estava gravida, os pais do Farls e Farls foram até a minha casa, (não fez mais que a obrigação dele), e ai começou tudo, pré natal, exames de sangue, vitaminas para juntar leite, e agora entra um personagem que eu considerava muito, lembra que eu falei que sou filha única? Então eu tinha uma melhor amiga, a Karls, (vagabunda), e ela era amiga do Farls, eu não ligava muito, porque eu achava o Farls me ama né vamos ter um filho, só que não, quando eu estava de 12 semanas (3 meses), eu fui na casa do Farls para a gente ir no médico fazer a ecografia para “conhecer o bebê”, eu vi uma cena que jamais esperaria isso da Karls, afinal ela era minha melhor amiga, bom era o que eu pensava né? Quando cheguei na casa do vagabundo, eu entrei no quarto dele ele estava com ela, minha melhor amiga na cama, eu dei um grito, e acabei caindo sentada no chão, e nessa de cair sentada, acabei tendo um leve sangramento, imediatamente a mãe dele me pegou no colo, me colocou no carro e fomos para o hospital, estava quase perdendo meu filho, e o Farls foi atrás todo preocupado, chegando no hospital minha sogra explicou a situação e fui levada para uma salinha em uma maca, os médicos, conseguiram salvar meu bebê, Farls tentou se desculpar, mas eu encerrei nosso relacionamento naquele momento, lembra que pedi para guardarem o dia 18 de Fevereiro? Então, depois desse episodio, meu bebê nasceu, adivinha que dia? 18 de Fevereiro de 2019, e desde a data do seu nascimento, que não deixo o Farls ver o meu filho, eu sou babaca por isso?
Obrigada desde já, Fiquem em paz, Te amo Lubixco, odeio o 6 andar hahahah, <3 <3
submitted by TakanoriYumiko to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.09 17:47 Rors__chach Estou sendo proibido de ver minha filha, o que devo fazer? (Medida protetiva) (alienação parental)

Longo desabafo..
Meu primeiro post no sub, e gostaria de fazer um desabafo de uma situação que está me matando por dentro.
Conheci a mãe da minha filha no tinder, notei que era ex do primo do meu melhor amigo, ninguém tão próximo a mim, então resolvi investir. Papo ótimo, resolvemos nos conhecer e foi muito bom, adoramos. Então fiquei curioso e resolvi perguntar pro meu melhor amigo a respeito dela que até então não estava sabendo de nada. Ele disse mais ou menos assim: “cara pula fora que é roubada, parece que se separaram porque ela traiu ele e tals.” Daí fiquei meio assim, mas resolvi pensar que podia ser diferente (porque estava bom demais pra ser verdade). Então fiquei com o pé atrás, questionei ela sobre, se realmente estava tudo superado e ela poderia seguir em frente e ela disse que sim. Acontece que eu sempre notava uma indiferença, um tal afastamento, tímida demais, isso foi com o desenrolar de umas 3 semanas ficando. Daí quando começamos a namorar, (detalhe, eu morava numa cidade e ela em outra e nos víamos seguidamente na semana, mas tinha 62km que nos mantinham longe) ela logava muito no google dela no meu pc e numa dessas quando fui sair, notei na pagina principal de privacidade do google que ela tinha pesquisado “como voltar com o ex?” “Nao aguento mais quero voltar com o ex”, logo em baixo tinha “pinto pequeno”, “pinto fino”. Já associei que poderia ser eu que ela estaria se referindo e fiquei magoadíssismo. Acabei o namoro, ela correu atrás de mim veio pra cidade que estava morando tentando explicar que nao era isso que ela estava confusa em relação a isso e que nao estava conseguindo me explicar que gostava muito de mim e do nosso sexo e que o lance do penis ela não sabe porque pesquisou porque acha meu pau maravilhoso e inclusive goza cmg e tal q nao era nada disso...
Eu acreditei, voltamos a namorar e adivinhem.. ELA FICOU GRÁVIDA! Sim, e como ela passou uma semana inteira na cidade onde eu estava, contando com o tempo do sexo, o tempo do feto, o mes do atraso, da certinho na semana que ela estava la, e sempre transamos sem camisinha porque ela falou que tinha um cisto e era impossível engravidar. Eu segui complexado, fazendo técnicas e exercícios jelqi, bomba, e essas paradas de aumento. Nós não tínhamos um certo grau de amizade, eu era meio desconfiado. E o pior aconteceu, ela começou a me tratar super mal e ficar emotiva demais e viver me correndo e me tratando feito lixo, (li que era por culpa dos hormônios e resolvi insistir), só que então nós brigavamos muito por essas histórias de ex e ela era muito atacada sempre, mudou demais. Más sempre transávamos parecia que tínhamos obsessão nesse assunto, e ate inclusive hj sei que fiz ela muito feliz na cama e meio que curei esse trauma, mas ainda existe. Enfim, um dia estávamos tão afastados tão com nojo de tudo que tava rolando, dai eu ia na casa de amigos e tal (mas sempre participando da gravidez, enxoval e essas coisas), e o meu melhor amigo me disse que tinha uma coisa pra me contar, era que o primo dele tinha recebido um sms de feliz aniversário DELA dizendo “saudades (coração vermelho)” Eu acabei com ela pela segunda vez. Sai pra festa comi gente, me enlouqueci porque sempre quis ser pai e ter um relacionamento estável, antes disso fui noivo, e nao deu certo também. Ela entrou muitas vezes em contato, nunca assumindo o erro. Ate que um dia ela veio aqui em casa chorando se explicou toda e eu? Eu voltei. Mas fiz ela prometer que nunca mais essa história de ex de novo. E enquanto isso por eu fazer tal cobranças, ela começou a me taxar de controlador e que eu estava pensando demais nessa história “abusivo”. As amigas delas todas são do movimento eu respeito e tudo bem, mas não sou assim. E começaram as brigas de novo (e eu querendo evitar por ela estar grávida). Até que um dia brigamos feio e ela me empurrou e me deu vários socos de raiva e confesso que peguei os braços dela e encostei ela na parede pra ela parar. Ela saiu chorando, colocou medida protetiva e me vendeu por ai como violentador doméstico. Nunca nem morarmos juntos. Enquanto isso, eu provei todos os sentimentos de culpa possíveis no meu sofá, entrando num estado de coma profundo com hábitos erradíssimos, como fumar muita maconha e ficar vendo serie o dia inteiro, fiquei desenpregado e pagava alimentos gravídicos pra ela, vendi meu pc pra pagar um dos meses. Então começamos a nos falar de novo, ficamos de novo, transamos de novo, até brigar por um pedido de guarda dela que ela fez enquanto estava “bem” comigo. Fiquei puto e separei de novo. Fiquei com as meninas da minha faculdade e tals trabalhava, levantei da depre, consegui respirar sem ela. E varias brigas na justiça, até que o amor da minha vida nasceu. Desde o hospital ate quando eu podia eu estava vendo a minha filha, comprava as coisinhas pra ela e ela foi crescendo. E uma vez elas brigaram comigo porque eu estava vendo demais a criança e elas tinham intimidade também (ela e a mãe dela). Falei que era presente e ia respeitar mas eu so vi dois dias naquela semana e rapidamente entao nao sabia q estaria atrapalhando. Brigaram comigo eu tbm briguei e fiquei puto e foram na casa da minha mae onde deu maior briga e adivinhem?? “Medida protetiva” de novo! Ficamos em media um mes sem ver a minha filha porque ela era de colo e nao podia chegar perto. Duas semanas após a audiência, começamos a nos falar de novo, eu participei mais, nao ia so aos domingos, ela me pedia coisas grandes do tipo, cadeirinha e bebe conforto. Eu fui me aproximando de novo e mais uma vez ficamos de novo, mas so que vivemos uns 3 meses sem brigar como se fôssemos familia mesmo eu ate dormia la todos os dias. Mas o passado nao parava de assombrar ela e ela vivia dizendo que eu abandonei ela gravida e ficava me botando pra baixo e um dia brigamos serio de discutir de novo, dessa vez nao me aguentei, xinguei ela como ela me xinga no whats, criei prova contra mim mesmo, mandando ela longe no máximo, mas enfim, ela conseguiu desenhar em mim um “agressor” pra sociedade, na última audiência o juiz chamou ela de mimada. A minha mae detesta ela e acha ela futil e interesseira, sem contar que vive nesse mundo de “de ferias com ex” que so se fala em relacionamento como se fosse o centro do mundo. Tive apego fdp por ela, hoje tem uma mistura de nojo de decepção e o afastamento entre eu e minha filha e completamente nocivo pra minha filha ela precisa do pai dela e é apegada em mim. Nao posso negar que fiquei decepcionado com ela, mas o sentimento maior e do apego pela criança, ela é exatamente igual a eu quando era pequeno, é parte da gente. Desculpem pelo logo desabafo, mas precisava soltar isso pra fora. Fica a pergunta, o que devo fazer daqui pra frente em termos legais, pessoais e psicológicos em relação a essa história que me consumiu por dois anos.
Obs1: Ela ja assumiu nas últimas transas que coloca medida como birra porque e o que ela tem pra me atingir. Sem contar que fica sempre me chamando de pai de merda, progenitor. E fica carregando a bandeira de mãe solo que a vida dela é sofrida, mas tem pensão tem renda externa a renda da mae e tudo que ela e minha filha precisar.
Obs2: tenho mãe, irmã, afilhada e sobrinha, filha, tive ex mulher e ex noiva, e essas são meu atestado de sanidade, as testemunhas que sou um ser humano que tem carinho e empatia.
submitted by Rors__chach to desabafos [link] [comments]


2020.05.09 03:01 altovaliriano Petyr Baelish é o herói trágico de ASOIAF

Texto em inglês: shorturl.at/htxCS
Autor: u/BeautifulMania
--------------------------------------------------------
Permita-me começar do começo.
Petyr Baelish nasceu em 268 dC, tendo 27 anos no início da A Guerra dos Tronos.
Seu pai lutou ao lado de Hoster Tully na guerra dos Reis das Nove Moedas, e a amizade deles deu a Petyr a chance de ser promovido por uma grande casa depois que ele nasceu.
A lembrança mais antiga que vemos de Petyr é quando as jovens Catelyn e Lysa lhe serviram tortas de lama, as quais ele comeu tanto que ficou doente por uma semana. Isso mostra o quão jovem ele era quando foi enviado para Correrrio, e é muito provável que suas primeiras lembranças conscientes tenham ocorrido em Correrrio.
Ele era jovem demais para perceber as diferenças entre ele e seus irmãos de criação e entender algo de hierarquia social. Ele cresceu ao lado de Cat, Lysa e Edmure como iguais.
Os Tully eram sua família e Correrrio era sua casa.
Vemos o quão influente a criação foi no relacionamento de Ned e Robert. Eles estavam mais próximos um do outro do que seus irmãos verdadeiros, e os dois encaravam Jon Arryn como pai.
Hoster era uma figura paterna para Petyr, e ele foi criado pelas palavras Família, Dever e Honra. Ele cresceu em um castelo idealizado, sonhando com cavaleiros das canções e amor verdadeiro, muito parecido com Sansa.
Até Peixe Negro era como um tio:
E no entanto, durante todos os anos de infância e juventude, foi Brynden, o Peixe Negro, que os filhos de Hoster procuraram com suas lágrimas e suas histórias, quando o pai estava muito ocupado ou a mãe doente demais. Catelyn, Lysa, Edmure… e, sim, até mesmo Petyr Baelish, o protegido do pai deles… Escutara-os a todos pacientemente, tal como a escutava agora, rindo de seus triunfos e solidarizando-se com seus infantis infortúnios.
(AGOT, Catelyn VI)
Quando ele e os Tully ficaram mais velhos, no entanto, as diferenças entre acabaram sendo evidentes.
Petyr, que veio do menor dos Dedos do Vale, ganhou o apelido de Mindinho, um lembrete constante de suas origens humildes, propriedades pobres e nascimento baixo.
No entanto, ele aspirava ser um Tully, como foi criado para ser. Ele era idealista e amoroso, e, apesar do apelido, acreditava que poderia superar seu baixo nascimento. Não era como se ele tivesse escolhido nascer filho de um senhor pobre. O que tornava um homem melhor do que outro, simplesmente por nascer de uma casa diferente? Aos seus olhos, nada.
Eventualmente, à medida que as crianças cresceram, as coisas começaram a mudar. Ele, Cat e Lysa brincavam de beijar, como crianças curiosas costumam fazer, e Petyr acabou desenvolvendo sentimentos por sua irmã adotiva, Catelyn Tully.
Ele se apaixonou por ela e, mais tarde, quando os senhores Bracken e Blackwood vieram visitar Correrrio, ele e Cat passaram a noite dançando. Petyr e Edmure ficaram bêbados naquela mesma noite e ele tentou beijar Cat. Quando ela rejeitou seus avanços, vemos como ele ficou arrasado aqui:
e Petyr tentou beijar a sua mãe, mas ela o afastou. Riu dele. Ele pareceu tão magoado que eu achei que o meu coração fosse estourar, e depois bebeu até perder os sentidos em cima da mesa. Tio Brynden levou-o para a cama antes que meu pai o encontrasse naquele estado.
(ASOS, Sansa VII)
Foi quando ele foi estuprado por sua outra irmã adotiva, Lysa Tully. Ele foi arrastado para a cama, bêbado demais para andar, muito menos para dar consentimento. Lysa então entrou em seu quarto e o confortou. Um jovem Petyr, em sua confusão bêbada, acreditava que ela era Cat e confessou seu amor por ela.
Lysa acabou engravidando desse encontro, algo que abordarei um pouco mais adiante.
Alguns meses depois, quando Petyr tinha apenas 14 anos, ele descobriu que Cat se casaria com Brandon Stark, de 20 anos.
Agora, tente imaginar as coisas da perspectiva de Petyr. Ele ama Catelyn, e devido ao seu encontro bêbado com Lysa, crendo que ela era Cat, acreditava que ela também o ama. Agora aqui vem este homem mais velho do Norte selvagem, conhecido como o lobo selvagem de sangue quente, para roubar Cat contra sua vontade. Foi um casamento arranjado, e até sabemos que Catelyn não amava Brandon, mas estava simplesmente cumprindo seu dever.
Bem, Petyr foi criado pelas palavras Família, Dever e Honra. A família vem antes do dever, e Cat não era apenas sua família, mas a família que ele acreditava erroneamente que o amava como ele a amava. Ele acreditava que tirara a virgindade de Cat e, portanto, tinha que proteger sua honra.
Então, ele fez o que achava certo e desafiou Brandon - apesar da grande diferença de idade e da capacidade física - a um duelo tanto por Cat, quanto por ele mesmo.
Antes do duelo, Petyr pediu a Cat seu favor, ainda acreditando que ela o amava. Como sabemos, ela o recusou e deu a Brandon, pois era seu dever. E Edmure, o garoto com quem havia sido criado como irmão, se ofereceu para ser o escudeiro de Brandon. Dois de seus familiares mais próximos, a quem ele amava, escolheram um estranho a ele, e ainda assim ele lutou.
Aquela luta terminara quase tão depressa como começara. Brandon era um homem-feito, e empurrou Mindinho ao longo de toda a muralha e pela escada da água abaixo, fazendo chover aço sobre ele a cada passo, até deixá-lo cambaleando e sangrando de uma dúzia de ferimentos. “Renda-se!”, ele gritou, mais de uma vez, mas Petyr limitara-se a balançar a cabeça e continuou lutando, carrancudo. Quando o rio já lhes batia nos tornozelos, Brandon finalmente acabou com a luta, com um golpe brutal dado por trás que cortou a malha e o couro de Petyr e se enterrou na carne mole sob suas costelas, tão profundamente que Catelyn teve certeza de que a ferida era mortal. Ele a olhara ao cair e murmurara “Cat”, enquanto o sangue vermelho vivo brotava por entre os dedos recobertos de cota de malha. Catelyn julgara que tivesse esquecido aquilo.
(AGOT, Catelyn VII)
Apesar de ter sido espancado quase até a morte, Petyr nunca desistiu de tentar salvar a mulher que amava. Ele era idealista e sonhador, novamente, exatamente como Sansa.
Esse duelo foi a última vez que ele viu o rosto de Cat (até o começo da história dos livros). Ele enviou uma carta para ela depois, mas ela apenas a queimou sem ler.
Ele ficou tão machucado que não podia andar nem montar a cavalo, e, mesmo assim, o homem que ele via como pai o expulsou de sua casa em uma ninhada liteira antes mesmo de estar completamente curado.
Mas o duelo foi realmente a razão disso?
Gostaria de passar a vida naquela costa desolada, rodeada de mulheres porcas e cocozinhos de ovelha? Era isso que meu pai queria para Petyr. Todo mundo pensou que foi por causa daquele estúpido duelo com Brandon Stark, mas não é verdade.
(ASOS, Sansa VII)
Hoster descobriu a gravidez e providenciou o aborto da criança.
O pai disse que eu devia agradecer aos deuses por um senhor tão grande como Jon Arryn estar disposto a me aceitar manchada, mas eu sabia que era só por causa das espadas. Tinha de me casar com Jon, senão meu pai iria me expulsar como fez com o irmão, mas era a Petyr que eu estava destinada. Estou lhe contando isso tudo para que compreenda como nos amamos um ao outro, quanto tempo sofremos e sonhamos um com o outro. Fizemos juntos um bebê, um precioso bebezinho. – Lysa encostou as mãos na barriga, como se a criança ainda estivesse ali. – Quando o roubaram de mim, prometi a mim mesma que nunca deixaria que voltasse a acontecer.
(ASOS, Sansa VII)
Petyr perdeu sua família e sua casa por engravidar Lysa, depois que ela o estuprou.
De uma só vez, enquanto estava à beira da morte, Petyr perdeu a mulher que amava, sua irmã adotiva, seu tio adotivo, foi traído por seu irmão adotivo, foi expulso de sua casa pelo homem que via como pai. Ele perdeu tudo o que já havia conhecido ou amado. E por que? Por tentar fazer o que ele achava certo e por seguir os ideais com os quais foi criado como Tully.
Todo mundo acredita que seus problemas decorrem de seu amor não correspondido a Cat, mas é muito mais profundo do que isso. Ele perdeu tudo e foi banido do único lugar ao qual sentia que pertencia.
Essa perda devastadora do mundo acaba transformando o Petyr idealista em Mindinho, mas Mindinho é uma máscara necessária.
Petyr Baelish é um herói. Sua história é o conto clássico do oprimido lutando contra a elite corrupta. Um garoto pobre e humilde, pequeno em estatura e desprezado a vida inteira. O amor de sua vida foi arracando dele contra seus desejos por um homem mais poderoso e rico. Um homem que pertencia a uma casa selvagem do norte que detém o domínio de mais de dois terços de Westeros.
Depois que ele testemunha a natureza feia da cultura Westerosi e o sistema que a governa, o jovem Petyr Baelish decide minar e destruir o sistema social distorcido que favorece o nascimento e a crueldade acima do mérito e da bondade.
Através de muito trabalho e planejamento cuidadoso, ele sobe a escada social passo a passo, enfrentando uma elite de classes mais altas muito mais afortunada do que ele.
Uma verdadeira réplica de Davi vs. Golias.
Petyr Baelish, como o clássico herói dos contos de fadas, acaba por acabar com o malvado rei Joffrey.
O próprio Joffrey é uma pura manifestação de quão falho é realmente o sistema Westerosi. Ele representa tudo o que Petyr Baelish despreza. Ele era uma criança cruel e incompetente, mas foi colocado no comando de todo o reino simplesmente por ser seu "direito de nascença".
Enquanto haja um sistema que permita que isso aconteça, o reino nunca poderá realmente prosperar. Um líder deve ser alguém que conquiste sua posição, não alguém que simplesmente tenha o direito a ela.
E assim todo o sistema deve ser destruído e reconstruído.
Esse fardo é pesado, mas alguém precisa dar um passo à frente e suportá-lo. Alguém tem que mudar a maneira como as coisas são, porque simplesmente não podem continuar como estão. Será difícil, haverá sacrifício, inocentes sofrerão no processo, e o homem que carrega esse fardo pode ter que abrir mão de sua própria alma para seguir em frente, mas esse é o preço de um mundo melhor, e Petyr Baelish está pagando. Para todos nós.
Petyr Baelish é o Proxeneta Que Foi Prometido e o verdadeiro herói de As Crônicas de Gelo e Fogo.
submitted by altovaliriano to Valiria [link] [comments]


2020.04.02 01:16 Dre_Dede Vale Muito a Pena Ler

Filha : Mãe to gravida Mãe : o quêêêêê????? Filha : fui estrupada pelos meus amigos Filha : mãe não briga comigo , preciso da sua ajuda Mãe : como isso aconteceu ????????????? Filha : eles me convidaram pra ir na casa deles.. Filha : a quatro semanas atrás .. Mãe : mais que foda filha, seu pai vai te matar.... Filha : mãezinha eu te amo, me ajuda Mãe : porque você não me contou antes? Filha : fiquei com medo deles e de você
Mãe : filha você vai ter que fazer um aborto Filha : mãe eu quero ter esse filho, é meu sonho Mãe : filha vc só tem 9 anos , não tem estrutura ainda Mãe : e muito menos preparada psicologicamente pra ter esse filho.. Filha : mãe como vou a escola gravida assim, o que os outros vão pensar.. Mãe : você vai fazer um aborto , vou liga pra um amigo medico Filha : mãe eu tenho medo disso , vai que eu morro Filha : sou filha unica , vocês vão sentir minha falta.. Mãe : sem discussão , já conversei com meu amigo, Mãe : vamos fazer o ABORTO hoje. Filha : tabom mãe , você sabe o que é melhor pra mim ,
Na clínica de aborto crandestino
Medico : Jovem você tem certeza que quer fazer isso? Filha : sinceramente nãoooo , quero ter essa criança Mãe : filha já ta decidido , vc não pode ter essa criança Mãe : Seu pai vai ter um infarto quando souber que você ta gravida Medico : jovem essa gravidez é de risco, melhor coisa a fazer é o aborto. Filha : nãooooooooooooooooooooooooooooooooo ಥ_ಥ
Medico : amiga vai ocorrer tudo bem, aconselho você ir pra casa, Medico : daqui a duas horas vamos fazer o procedimento de aborto, Mãe : porque vai demora tanto? Medico : estamos sem material cirúrgico , e vamos ter que ir na farmácia comprar Mãe : Você sabe mesmo o que esta fazendo neh Medico : claro , tenho 24 anos de experiência.. Medico : qualquer coisa vc me liga ou manda um email (dr_[email protected]) fone: xxxx.xxxx Mãe : vo anotar aqui, e vo liga de 5 em cinco minutos, Mãe : ela é a unica filha que tenho , vo confia em vc Medico : vamos da um calmante pra ela, Mãe : quando terminarem me chama pra mim busca minha filha Medico : ok tudo vai ficar bem , confia em mim... Medico : liga para mãe Medico : a cirurgia ocorreu tudo bem , mas sua filha teve uma parada cardíaca Mãe : o que vc esta dizendo porraaaaa Medico : sua filha perdeu muito sangue e teve uma parada cardíáca.. Medico : tentamos reanimá-la sem sucesso , sua filha faleceu.. Mãe : não diz isto , ela é a unica filha que tenho Mãe : meu deusssss Medíco : ela acordo no meio da cirurgia e disse '' MAE EU TE AMO'' e dormiu de novo Medíco : Vamos ter que cremar o corpo , e dizer que sua filha desapareceu. Medíco : minha clinica é crandestina , nos dois vamos ser presos Mãe : e vou perder meu marido também Mãe : to mals , vo na delegacia registra queixa como desaparecida Mãe : ja perdi minha filha , não quero perder meu marido..
Depois de 8 meses a mãe descobre que esta com câncer no Útero , No hospital em faze terminal , a mãe desabafa com seu marido contando toda a historia. Marido olha bem nos olhos da esposa e diz: Eu te perdou ... esposa emocionada, chora sem para , seria a ultima lagrima dela, pois minutos depois ela falece.
Essa família poderia esta feliz com uma netinha(o) se não fosse as atitudes tomadas com medo das consequências.
A mãe talvez não estaria com câncer (será que foi um castigo de DEUS?) . As crianças não são culpadas pela ingenuidade das mães
Por favor não tire a vida dos seus filho(a) Dê a chance deles viver como vc teve a sua. Pense se seus pais também tivesse te abortado?
submitted by Dre_Dede to circojeca [link] [comments]


2020.03.27 22:46 HobbesCloud Baixa doença natural + baixa de risco clinico de gravidez + RV

Sei que pode não ser o espaço certo para esta pergunta mas pode ser que me consigam ajudar pois há aqui muitos que têm este conhecimento.
Obrigado pela ajuda e pelo v/ tempo!
A minha mulher esta nas últimas semanas da gravidez. Este mês o médico por tudo o o que se está a passar passou-lhe uns dias de baixa de doença natural porque ela não andava bem e depois de baixa de risco clinico de gravidez. Ela trabalha para um Hospital privado e que envia só as horas e dados para emitir recibo passado X tempo. Portanto ela só agora pode passar o RV de janeiro e daqui a uns tempos o de fevereiro e daqui a uns tempos o correspondente à metade de março em que trabalho.
O melhor é ela estar quita e passar só em setembro quando regressar da baixa de maternidade ou há forma de fazer isto sem correr risco? É que a verdade é que ela não está a trabalhar agora. Está a passar RV em relação a meses anteriores à baixa. Mas estamos com algum receio... Por outro lado o dinheiro vai fazer falta são 2.5 meses de remuneração.

Obrigado! :)
submitted by HobbesCloud to financaspessoaispt [link] [comments]


2020.02.29 18:34 a_chifruda A ligação incriminadora

Olá Luba,editores,possíveis convidados,gatos, e finado rodrigo raro. Bom minha história aconteceu em 2016,minha amiga havia "voltado",com um ex de escola,vamos chamar ele de "Lucas",e eu como toda boa amiga de ambos,apoiei o casal,até por que não tinha nada contra ele, (APENAS O FATO DE TER ROUBADO MINHA MELHOR AMIGA E EU TAMBÉM TER PERDIDO O MEU AMIGO), a questão é que sempre notava ele me olhando desde a escola e achava que era loucura da minha cabeça já que eles sempre namoraram na escola,mas depois deles terem terminado e voltado apenas a 6 meses,fizemos uma festa do pijama na casa dele com pipoca,e tudo mais,bem inocente ao meu vér,e acabamos dormindo os 3 no quarto (sim ainda era época de fazer festa do pijama e a casa dele era pequena, morava com os pais ainda), eu dormi num cochãozinho no chão e eles em outro de casal, depois daquele dia notava muitas DIRETAS mesmo,de falar na frente dessa minha amiga e ela nem perceber,eu até disse pra ela, só que ela não acreditava,pois bem, depois de 6 meses eles terminaram,e como eu era amiga dos dois,ela nem esperou pra me ligar contando tudo, e bem na hora adivinha??? Ele me ligou, aí eu disse: Perai miga o Lucas tá me ligando rsrs (rindo de nervosa mesmo) até por que tinha surgido um boato que ele tinha traído ela,por isso terminaram... Mas ok, atendi ele e tratei ele super normal,aí ficava intercalando as duas ligações, até que uma hora minha amiga me fala: Então miga,me coloca na ligação com o Lucas, você me coloca no mudo e eu escuto tudo. Como quem não deve não teme,fiz o mesmo, MAS NA HORA QUE VOLTEI A FALAR o Lucas fala:Você está sozinha? tenho algo pra te falar, gosto muito de ti,não só como amiga,não estava mais aguentando ficar com a (vamos chamar de bianca) "bianca" depois que comecei a te conhecer mais (por que na escola nos falávamos normal) tudo mudou,nunca conheci alguém como você.... Ele disse TUDO ISSO com minha FUKING amiga na ligação, ouvindo tudo... imagina como foi isso, depois do boato da possível traição ela só juntou uma coisa a outra,ela então parou de falar comigo, mas como ela é minha MELHOR AMIGA, tinha que provar o contrário, então marquei com ele de tomar tereré (típica bebida aqui de Mato Grosso do sul )na casa dele,até porque queria explicar para aquele sêr ENERGUMINO que nunca haveria nada entre nós dois,pelos simples fatos já ditos aí em cima, antes de ligar para ele eu liguei para a minha amiga e disse: Bianca sei que não você não está falando comigo, mas se quer por a prova que nunca fiquei com ele,vá na casa dele e fica na varanda,naquele lugar que não dá pra ele te ver. E assim ela fez,chegando lá comecei a conversar com ele, e expliquei que a bianca não estava mais falando comigo,achando que nos dois tínhamos ficado, e como eu era muito amiga dele, ele disse que a pessoa que ele tinha ficado era nada mais nada menos que a IRMÃ MAIS NOVA da bianca e que ela estava com suspeita de estar grávida (coisa que nao estava,amém) e que foi enquanto ele esperava ela (bianca) tomar banho, para ir até a festa do pijama aquele dia (foi bem rápido segundo ele).... Disse também que já que agora não somos mais amigas, se eu poderia namorar com ele, já que desde a escola ele teria me jogado indireta todos os dias, mas eu nunca havia reparado tanto quanto os últimos 6 meses,nessa hora minha amiga saiu da varanda,foi até ele com um guarda chuva que tinha achado lá e ficou batendo nele,eu apertei a briga (LÓGICO DEPOIS QUE EU TAMBÉM BATI NELE COM UM GUARDA CHUVA KKKK,TAMBÉM SOU HUMANA NÉ)
Sobre a irmã, a mesma foi questionada e negou,mas algumas semanas depois achamos um teste de gravidez com o resultado negativo, mas preferimos só conversar mesmo (até por que na família dessa minha amiga e muito comum disso acontecer,uma outra ocasião que ocorreu foi que essa irmã mais nova era casada com um cara,engravidou dele e terminou com ele para ter o bebê longe,e essa minha amiga casou com ele e engravidou dele,ficaram juntos 3 anos, mas essa é uma história para outro dia galerinha hahahaha)
Hoje em dia ela ainda é minha melhor amiga,e agora toda vez que falo pra ela alguma coisa relacionada aos caras que ela namora ela me escuta kkkkkkkkk
A história foi essa luz lubisco <5

turma_feira #turmafeira #menotaluba #turma

submitted by a_chifruda to u/a_chifruda [link] [comments]


2020.02.10 21:08 NatanieuxDeLunne A vida que felizmente não vivi

A VIDA QUE FELIZMENTE NÃO VIVI
Fui concebido no banco de trás de um Palio Fire 2006 No estacionamento de um show do Detonautas Papai estava usando uma sacola do Supermercado DIA como proteção Porque ele não tinha pego camisinha O que ninguém esperava, é que a sacola estava furada E acabou vazando leite direto pro útero de minha Mamãe
Nos primeiros meses ninguém desconfiou de nada Porque o ciclo menstrual da minha mamãe era mais louco que o mascara Mãmãe achava que estava com tênia Que é aquele verme que cresce dentro da barriga Por que um certo dia, ela andou de ônibus circular sem calcinha
Dois meses se passaram e ninguém desconfiou de nada Eu já estava do tamanho de uma bolinha de cocô de um cabrito adulto No terceiro mês, eu já tinha bracinhos e perninhas E me parecia muito com um hamster quando nasce
Mamãe e Papai acharam que podia ter algo errado Então foram consultar uma cartomante online, pra ver se era gravidez Eles não compraram teste de farmácia Porque eles eram terra-planistas e não acreditavam na medicina
A cartomante, então, confirmou a gravidez Para total alegria de Papai e Mamãe Mamãe teve gravidez psicológica por 4 meses E cuidou de uma baby alive durante todo esse tempo
Com os meus ouvidinhos, eu já escutava tudo Papai dizia que o meu parto ia ser no terreno baldio Onde era o play center Porque foi lá, onde ele conheceu a Mamã
Minha tia Dulce, revendedora Avon Ia fazer o meu parto Usando uma colher de pau E uma toalha de rosto de um patinho cristão
Como eles eram contra a medicina Eles decidiram que não iam me vacinar quando nascesse O que ia culminar, na perda total da minha visão do olho esquerdo E meu osso da bacia, ia virar um cê-cedilha
Eu teria tantas manchas de sarampo pelo corpo Que daria pra fazer um liga ponto entre elas Fazendo a constelação da ursa maior na minha barriga
O meu primeiro aniversário eu ia passar entubado Porque os meus pais usavam narguile perto de meu berço Eles não sabiam que um pulmãozinho de criança Não consegue bombear essência de eucalipto com tanta facilidade
Com 4 anos, eles iam fazer a minha primeira tatuagem Um filtro dos sonhos na coxa Eles queriam que eu tivesse alguma coisa que me destacasse na creche
Se eu tivesse nascido na savana africana E tivesse sido criado por gorilas E exposto a rubéola Eu teria mais chance de ser uma criança sociável Mas não era o caso Eu era um grande de um filho da puta com os meu coleguinhas da escola Eu mijava na mochila deles, e colocava slime na calcinha das meninas
Aos 8 anos, meus pais entraram numa fase mais Punk Me obrigando a entrar também Eles iam me levar na galeria do rock Pra tatuar os meus olhos de Preto Eu ia ficar conhecido na vizinhança, como funko pop
Com 12 anos, eu já ia saber dirigir moto e carro Porque toda vez que os meus pais saiam pra beber Eu tinha que ser o motorista da rodada
Um dia, durante uma crise de ódio Pela vida de merda que eu levava Eu ia tomar todo o álcool gel da área de serviço E ia acabar dando Pt dentro da maquina de lavar roupa E meu pai, ao ver o que fiz Ia me dar 16 minutos de surra de vara de marmelo
Aos 14 anos, Eu ia fugir de cara pela primeira vez Com um circo itinerante A principio, eu ia limpar merda de elefante Mas com o tempo, eu ia me tornar o menino que faz Pirofágia Que é aquele truque com fogo
Dos 15 até os 28 anos Eu teria incontáveis passagens pela policia Por contrabando de arara azul E envolvimento com Bingo clandestino
E finalmente, aos 29 anos Eu levaria um coice do cavalo Pérola Negra Pois eu entrei na baiadera pra dá nó na crina Pois eu tive uma pira de metanfetamina E achava que eu fosse o saci
E isso, ia culminar na minha morte.
Essa é a vida que felizmente nunca vivi Pois na sétima semana de gestação A minha mamãe tomou um porre de chá de canela Durante um Bienal do livro E eu saí da vagina dela, como no insano Aquele toboágua do beach park
E VAI TODO MUNDO PRO INFERNO HIHII
submitted by NatanieuxDeLunne to copypasta [link] [comments]


2019.12.03 08:53 llSrSombrall Sobre Sexo, Traumas e ódio de mim mesmo.

Na verdade eu escrevi, desisti, re- escrevi, e fiquei nessa, mas resolvi fazer esse post em definitivo porque acho que meu desabafo pode ajudar outras pessoas, e não me refiro tanto a você que está lendo, e sim segundos e terceiros que se relacionarão com você. Essa história tem mais elementos, porém não me sinto bem de escreve-los aqui, porque envolve situações que dizem respeito a uma segunda pessoa.
A um bom tempo atrás eu estava ficando com uma pessoa, que até hoje é muito minha amiga/ amor da minha vida, com quem eu gostaria de envelhecer. Um certo dia voltamos de uma festa e resolvemos fazer sexo. No momento da penetração eu acabei machucando ela, tudo porque eu era muito virgem, tinha 22 anos nesse tempo e ela era a primeira mulher com quem eu relacionava. Eu tinha como base do que era sexo a pornografia, e geralmente nesses filmes o que ocorre é uma penetração muito brusca, e isso é tido como o normal. Porém não é bem assim, e só vim descobrir isso durante esse meu relacionamento, descobrir que o feminino é todo um outro universo.
continuando.
Minha parceira sentiu dor, foi bem perceptível, mas depois de uma breve parada a relação continuou, em outro ritmo, até seu fim. Durante 70% da nossa relação, ela não interagiu mais, ficou deitada até acabar.
Me senti muito mal por aquela primeira penetração e por como as coisas sucederam, e tudo por conta da minha ignorância e imaturidade, eu tive vergonha de falar para ela nesse tempo que eu era virgem, se eu contasse, com certeza as coisas seriam conduzidas de outra forma. Hoje percebo o quão mal eu fiz pra ela, mesmo que não tenha sido essa a minha intenção. Percebo que se ela ficou parada ali durante o ato, é porque ela não queria continuar com aquilo, mas ela simplesmente deixou continuar, talvez por não saber como proceder. Assim como eu ela era imatura também, menos do que eu, mas imatura. Esse dia desencadeou eventos infernais em nossas vidas: veio uma gravidez indesejada e tempos depois um aborto espontâneo, sendo que esses dois eventos ocorreram depois de nos separarmos após um desentendimento. Seguimos nossas vidas hora juntos hora separados, alguns meses antes desse maldito dia que descrevi, minha companheira havia sofrido um estupro, e a soma de tudo isso fez com que todo esse contexto seja ainda mais terrível. Tentamos de várias formas ficar juntos, porque nos amamos e nos damos bem até hoje, temos confiança um no outro e companheirismo, mas naquele dia gatilhos foram colocados. Ela desenvolveu uma grande dificuldade em manter relações sexuais, sendo que comigo isso era algo impossível, tentamos algumas vezes, mas não dava certo, e depois de idas e vindas, términos e voltas inesgotáveis, nossa relação desgastou até o momento presente, onde resolvemos não tentar ficar mais juntos. Tenho dificuldades em me relacionar também. Ela hoje segue bem, e mais fortalecida do que nunca apesar dos traumas.
Eu me sinto o lixo do lixo do lixo por todo o ocorrido, principalmente somado a outras histórias escrotas que tive conhecimento dessa minha amiga com outros caras com quem ela se relacionou, e com situações parecidas que ocorreram com outras mulheres, conhecidas e desconhecidas. Nós homens desde a infância somos expostos a regras morais de conduta, do que é ser homem e etc.. sem perceber que na verdade tudo não passa de um maldito machismo, e enquanto isso mulheres sofrem a cada dia pela nossa ignorância, sendo que certas coisas, apesar de feitas por ignorância, por não sabermos das coisas, causa estragos tremendos na vida do próximo. Em certas situações a ignorância é criminosa.
E atualmente, depois de saber de mais uma história sofrida por uma mulher, não consigo deixar de me ver como algo desprezível, eu não sinto mais vontade de viver, vontade de fazer nada, viver com a ideia de que mulheres são estupradas, abusadas e sofrem todo tipo de situação escrota por aí faz eu sentir nojo de mim mesmo. Pra mim ter criado sequelas na pessoa que mais amo na vida é insuportável, e sinto imensamente por todo o ocorrido. Pra mim nada mais faz sentido.
Sempre que me surge a vontade de acabar com tudo eu escapo dela, geralmente saindo de casa, mas sinto que algo em mim morreu, não consigo me imaginar vivendo no mundo real, indo ao trabalho, pagando contas, não me faz sentido nada disso. Essa minha crise iniciou faz pouco tempo, umas 2 semanas, e é interminável, não consigo parar de pensar em todo esse contexto. Percebi que não consigo ficar em casa, não consigo mais ter uma vida normal, e uma força imensa me diz que a única forma de eu me salvar de mim mesmo é não estando aqui, preciso ir em busca de algo que pensei ter perdido, mas que na verdade nunca esteve comigo, nem faço ideia do que seja, e pra isso tenho que abandonar minha cidade que tanto amo, e todas as pessoas próximas a mim, incluindo essa minha amiga querida que é o amor da minha vida. Quero resistir até o natal, e depois pegar a estrada, e sumir nesse mundo sem sentido em busca de algum sentido, é a única coisa a que consigo me agarrar agora.
A vocês homens que estão lendo isso, não sejam escrotos, não sejam babacas, não pensem só em si mesmos, levem em conta que vocês estão se relacionando com um ser humano. Na menor dúvida que vocês tenham, perguntem, se sentirem insegurança na resposta perguntem mais uma vez ou desistam, e abram um dialogo. Conversem com sua parceira. Nós todos já somos ferrados da cabeça por existirmos nesse mundo, então bora tentar ser menos frios uns com os outros. E pelos deuses, se a menina que você está junto estiver muito embriagada, NÃO TENTE FAZER SEXO COM ELA! apenas cuide pra que ela descanse e se recupere, imagine que é o mesmo que estar porre e dirigir: a pessoa que está porre não tem autonomia pra decidir se quer ou não dirigir, ela não deve dirigir, ponto final.
Espero que esse post salve alguma mulher de sofrer alguma situação merda no futuro, recomendo também a todos sem exceção um livro chamado: "Do que estamos falando quando falamos de estupro", da Sohaila Abdulali. Enfim... é isto.
submitted by llSrSombrall to desabafos [link] [comments]


2019.11.06 23:30 eliamarmaria81 Como Engravidar Rapido e Urgente - 5 dicas para Engravidar Rápido e Urgente

Como Engravidar Rapido e Urgente - 5 dicas para Engravidar Rápido e Urgente

5 dicas para Engravidar Rápido e Urgente Como Engravidar Rapido

Acesse o Site AQUI ⤵
https://sites.google.com/view/como-engravidar-rapidourgrente
➡ QUAL SERIA SUA ALEGRIA se descobrisse que está GRÁVIDA AGORA ?😍
➡ COMO SERIA SUA VIDA se você pudesse segurar nos braços o seu Tão Sonhado Filho ?
➡ QUAL SERIA A SENSAÇÃO de ouvir aquela terna voz te chamando de Mamãe ?💓
➡ COMO SERIA poder Levar Seu Filho à Escola como todas as demais Mamães, e dar aquele beijo de despedida com uma série de recomendações de Mamãe Coruja❓ 😘
Se esse é o Seu sonho, nós vamos te dar 5 dicas que vão Aumentar as Suas Chances de Engravidar Mais Rápido. Porém devo lembrar que estas dicas vão apenas te ajudar a aumentar as chances , mas não é a solução definitiva da infertilidade. Se você vem enfrentando este problema, já tentou de tudo e mesmo assim Não Consegue Engravidar, a Solução Definitiva para Qualquer Problema de Infertilidade, que já ajudou milhares de mulheres com o Mesmo Problema a Engravidar, está no Site abaixo.!
Assista o Video AQUI ⤵
https://youtu.be/LKnDssQhBh8
🎗 PARA AUMENTAR a TAXA DE FERTILIDADE e Conseguir ENGRAVIDAR MAIS RÁPIDO, você pode adotar algumas estratégias simples como investir no contato íntimo durante o período fértil, comer mais gérmen de trigo e permanecer deitada depois da ejaculação.
Mas além disso, também é importante ir ao ginecologista para saber se não existe nenhuma doença genital que esteja dificultando a gravidez. Deixar de fumar e colocar de parte as bebidas alcoólicas também é importante, uma que que esses vícios podem levar a pequenas alterações no desenvolvimento do embrião, e consequentemente a abortos indesejados.

DICA 1 - Como Engravidar Rapido Urgente

Ter relação no Período fértil

O período fértil para engravidar rápido ocorre exatamente no meio do ciclo menstrual e dura pelo menos 7 dias. Por isso, é bom anotar no calendário os dias da sua menstruação, para poder fazer o cálculo exato dos melhores dias para engravidar. Você não precisa ter relação todo dia, mas pelo menos, dia sim, dia não, especialmente nestes dias.
Algumas mulheres, especialmente a partir dos 35 anos, tem mais facilidade de engravidar investindo no contato íntimo 3 dias antes do seu dia mais fértil. Se você ainda não saber quando é o seu período, assista nosso vídeo que explica de forma bem simples:
  • Durante estes dias, você também pode apostar no uso de um lubrificante vaginal que aumenta a fertilidade porque contém íons de cálcio e magnésio, que favorecem a concepção por normalizar o pH da região íntima da mulher.

DICA 2 - Como Engravidar Rapido Urgente

Comer mais vitaminas e minerais

Uma alimentação variada e cheia de nutrientes melhora o funcionamento de todo o corpo e por isso você deve trocar as bolachas, salgadinhos e fast food por comida de verdade.
O gérmen de trigo, ovos, azeite, óleo de girassol e o grão-de-bico são os alimentos que mais devem ser consumidos para conseguir engravidar mais rápido. Esses alimentos são ricos em vitamina E, zinco e em vitaminas do complexo B, que favorecem a concepção por atuar no sistema hormonal.
Mas além disso, você deve investir nos alimentos enriquecidos com ácido fólico, que são os de cor verde-escura, porque eles colaboram para a perfeita formação do bebê, evitando problemas como o mau fechamento do tubo neural.

DICA 3 - Como Engravidar Rapido Urgente

Comer menos carboidratos

Você deve evitar comer carboidratos como arroz, massa e pão durante o período fértil, para evitar alterações no pH vaginal, favorecendo a concepção. Como é muito difícil fazer uma alimentação sem carboidrato, basta retirar o arroz, a batata e o macarrão dos pratos principais, comer sempre pão integral e frutas variadas ao longo do dia, porque apesar de terem carboidratos, seus nutrientes são essenciais para a saúde da mãe e do bebê.

DICA 4 - Como Engravidar Rapido Urgente

Ficar deitada após a relação

Após a relação, acredita-se que a mulher deve permanecer deitada de barriga para cima por aproximadamente 15 minutos, sem se limpar. Isso pode facilitar a entrada dos espermatozoides no trato genital. Apesar desse fato ainda carecer de comprovação científica, parece fácil cumprir e experimentar.

-DICA 5 - Como Engravidar Rapido Urgente

Fazer exercício regularmente

Manter o corpo ativo e fazer exercícios regularmente também pode ajudar a engravidar mais rápido porque melhora a circulação sanguínea, aumenta a produção e a qualidade dos espermatozoides, diminui a ansiedade e o stress e melhora o controle hormonal. Você pode praticar pelo menos 30 minutos de exercícios todos os dias, de modo que seja possível aumentar a frequência cardíaca ou 2 ou 3 vezes por semana, durante 1 hora. Não importa o exercício, desde que você se sinta bem ao realizar, por isso, pode escolher o que você mais gostar de praticar.
Se, mesmo após seguir todas estas dicas durante 12 meses consecutivos, não conseguir engravidar, deve-se procurar um médico para uma avaliação mais detalhada e se necessário, iniciar os tratamentos para engravidar, como a indução da ovulação ou a fertilização in vitro, por exemplo. A avaliação de infertilidade deve ser feita com o casal, já que 50% das causas de infertilidade é masculina. Veja as Doenças que causam Infertilidade no Homem e na Mulher.

QUER ENGRAVIDAR ?

Não abra mão do Sonho de ser Mãe

Tratamento Natural e Definitivo Para Infertilidade
SAIBA MAIS AQUI SITE: ⤵
http://bit.ly/Fertil-Caps-SiteOficial



FONTE: ➡ https://sites.google.com/view/como-engravidar-rapidourgrente
submitted by eliamarmaria81 to u/eliamarmaria81 [link] [comments]


2019.10.26 19:20 UnlikelyTopic6 História Linda

A VIDA QUE FELIZMENTE NÃO VIVI Fui concebido no banco de trás de um Palio Fire 2006 No estacionamento de um show do Detonautas Papai estava usando uma sacola do Supermercado DIA como proteção Porque ele não tinha pego camisinha O que ninguém esperava, é que a sacola estava furada E acabou vazando leite direto pro útero de minha Mamãe Nos primeiros meses ninguém desconfiou de nada Porque o ciclo menstrual da minha mamãe era mais louco que o mascara Mãmãe achava que estava com tênia Que é aquele verme que cresce dentro da barriga Por que um certo dia, ela andou de ônibus circular sem calcinha Dois meses se passaram e ninguém desconfiou de nada Eu já estava do tamanho de uma bolinha de cocô de um cabrito adulto No terceiro mês, eu já tinha bracinhos e perninhas E me parecia muito com um hamster quando nasse Mamãe e Papai acharam que podia ter algo errado Então foram consultar uma cartomante online, pra ver se era gravidez Eles não compraram teste de farmácia Porque eles eram terra-planistas e não acreditavam na medicina A cartomante, então, confirmou a gravidez Para total alegria de Papai e Mamãe Mamãe teve gravidez psicológica por 4 meses E cuidou de uma baby alive durante todo esse tempo Com os meus ouvidinhos, eu já escutava tudo Papai dizia que o meu parto ia ser no terreno baldio Onde era o play center Porque foi lá, onde ele conheceu a Mamãe Minha tia dulce, revendedora avon Iria fazer o meu parto Com uma colher de pau E uma toalha de rosto de um patinho cristal Como eles eram contra a medicina Eles decidiram que não iam me vacinar quando nascesse O que ia culminar, na perda total da minha visão do olho esquerdo E meu osso da bacia, ia virar um cê-cedilha Eu teria tantas manchas de sarampo pelo corpo Que daria pra fazer um liga ponto entre elas Fazendo a constelação da ursa maior na minha barriga O meu primeiro aniversário eu ia passar entubado Porque os meus pais usavam narguile perto de meu berço Eles não sabiam que um pulmãozinho de criança Não consegue bombear essência de eucalipto com tanta facilidade Com 4 anos, eles iam fazer a minha primeira tatuagem Um filtro dos sonhos na coxa Eles queriam que eu tivesse alguma coisa que me destacasse na creche Se eu tivesse nascido na savana africana E tivesse sido criado por gorilas E exposto a rubéola Eu teria mais chance de ser uma criança sociável Mas não era o caso Eu era um grande de um filho da puta com os meu coleguinhas da escola Eu mijava na mochila deles, e colocava slime na calcinha das meninas Aos 8 anos, meus pais entraram numa fase mais Punk Me obrigando a entrar também Eles iam me levar na galeria do rock Pra pintar os meus olhos de Preto Eu ia ficar conhecido na vizinhança, como funko pop Com 12 anos, eu já ia saber dirigir moto e carro Porque toda vez que os meus pais saiam pra beber Eu tinha que ser o motorista da rodada Um dia, durante uma crise de ódio Pela vida de merda que eu levava Eu ia tomar todo o álcool gel da área de serviço E ia acabar dando Pt dentro da maquina de lavar roupa E meu pai, ao ver o que fiz Ia me dar 16 minutos de surra de vara de marmelo Aos 14 anos, Eu ia fugir de cara pela primeira vez Com um circo itinerante A principio, eu ia limpar merda de elefante Mas com o tempo, eu ia me tornar o menino que faz Pirofágia Que é aquele truque com fogo Dos 15 até os 28 anos Eu teria incontáveis passagens pela policia Por contrabando de arara azul E envolvimento com Bingo clandestino E finalmente, aos 29 anos Eu levaria um coice do cavalo Pérola Negra Pois eu entrei na baiadera pra dá nó na crina Pois eu tive uma pira de metanfetamina E achava que era o saci E isso, ia culminar na minha morte. Essa é a vida que felizmente nunca vivi Pois na sétima semana de gestação A minha mamãe tomou um porre de chá de canela Durante um Bienal do livro E eu saí da vagina dela, como no insano Aquele toboágua do beach park E VAI TODO MUNDO PRO INFERNO HIHII
submitted by UnlikelyTopic6 to copypasta [link] [comments]


2019.07.03 22:07 Water-Soup As outras "Matildes" Atrofia Muscular Espinhal tipo 1 a nossa história

As outras
Olá a todos, este é o meu primeiro post no reddit e quero partilhadesabafar em relação ás ultimas noticias que tem saído, em relação á atrofia muscular espinhal tipo 1, tenho visto muita gente a questionar em relação aos outros 9 casos, se realmente existem, muitos questionam o estado atual dessas crianças, dos tratamentos atuais etc
Eu vou começar por partilhar a nossa historia:
Esta primeira parte vou resumir muito para não entrar em muitos detalhes, a minha mulher em 2016 engravidou tudo parecia bem, até que no 3 trimestre da gravidez foi detetado Esclerose tuberosa grave é uma doença genética rara, que começou no coração e acabou no cérebro da menina, provocando derrames e maior parte do cérebro ser já só tumores, os médicos aos 8 meses puseram-nos na mesa a opção de aborto que aceitamos, tivemos que arrecadar várias assinaturas de vários médicos para se avançar com isso, quero realçar que a minha mulher trabalhava em um hospital na parte de quimioterapia, no inicio tivemos que assinar uma documentação de responsabilidade devido a radiação que as pessoas que trabalham nesse local estão expostas, a minha mulher nesse hospital não é caso único de acontecer situação idênticas. Após esta gravidez nós fizemos todos os exames genéticos que nos foram recomendados e não foi detetado nem em mim nem a minha mulher essa doença.
Em 2017, após indicação médica tentamos novamente, pois disseram nos que seria muito pouco provável acontecer algo idêntico. A minha mulher engravidou novamente, desta vez correu tudo bem na gravidez. É um menino, nasceu no final de Janeiro de 2018, chama-se João, foi a melhor coisa que nos aconteceu na vida.


https://preview.redd.it/c7ie02hja5831.png?width=567&format=png&auto=webp&s=36344893f0d8d7d303f24f24c17150acfac9ec1f

O João chegou aos 4 meses e começamos a detetar assim como os pais da Matilde detetaram, poucos movimentos mas eles detetaram mais cedo, fomos a dois hospitais em que num deles, o Hospital Dona Estefânia deram-nos a pior noticia que podíamos ter ouvido. Disseram-nos que o João tinha atrofia muscular do tipo 1, explicaram-nos o que era e que havia um tratamento chamado spinraza (nusinersen), na altura cada injeção destas tinha um custo de 125.000USD, era tudo comparticipado por um laboratório e recentemente (este ano) passou a ser pelo estado. Ele iniciou o tratamento aos 5 meses, neste momento o João tem 17 meses, não gatinha, ainda não levanta o pescoço durante muito tempo, mas tem vindo a ter boas evoluções, ao inicio não se mexia mesmo praticamente nada, mas mais importante é um bebé muito feliz, ele faz fisioterapia todos os dias connosco e 3 vezes por semana com fisioterapeutas pediátricos que vão domicilio, sim porque estas crianças têm que evitar ao máximo idas aos hospitais devido a ficarem expostos aos vários vírus que lá estão. Uma simples gripe para estes bebes pode ser fatal, eu já vi o João a ficar duas vezes roxo devido a falta de oxigénio causada por gripes. É algo que pais nenhuns deveriam passar, é algo fora do nosso controlo, vermos um filho nesse estado e não podermos fazer muito, esperar que os médicos consigam tirar dessa situação para não entrar em paragem respiratória. Ou como aconteceu umas das vezes em casa o momento de pânico enquanto a ambulância não chegava, até foram rápidos, mas os minutos pareciam horas. Com isto tenho a dizer que o João tem sido bem acompanhado dentro dos possíveis, já nos emprestaram alguns equipamentos como por exemplo cadeiras de posicionamento, para ele poder brincar e interagir com os brinquedos sentado.
Recentemente tem se falado de um outro tratamento o zolgensma, já vi em várias noticias que dizem que é a cura, quero só realçar que neste momento não existe cura para a atrofia muscular espinhal do tipo 1, estamos a falar de um medicamento que acabou recentemente o trial em 21 crianças, das quais 2 infelizmente não tiveram os melhores resultados, é um tratamento que é one-shot em vez do spinraza que tem de ser 4 em 4 meses para o resto da vida. Das 19 crianças viu-se resultados muito positivos principalmente em 2 crianças que não necessitam de ventilador e mais rápidos que o spinraza, enquanto a evolução do spinraza em um gráfico faz curvatura a do zolgensma é a pique é mais rápido, quais são as consequências a longo prazo? Ninguém sabe, sabemos que pelo menos já existem crianças com 4 anos no zolgensma e no spinraza já existe uma com 7 anos, se tiverem curiosidade em ver as evoluções consultem no Facebook o grupo “Arms for Asher
Eu não sei se o estado vai ou não comparticipar o tratamento da Matilde, mas se o fizer espero que faça para todos, ligamos para um médico especialista dessa doença e perguntou se o zolgensma seria vantajoso para os outros 9 casos, em que a resposta foi que seria benéfico e para que nós nos mexêssemos caso o estado abrisse a exceção.
Hoje no jornal de noticias saiu uma entrevista com os pais de uma das crianças nesta situação leiam se possível.

Quero aproveitar e deixar aqui o nome dos 10 casos em Portugal:
Matilde, Afonso, Miguel, Inês, Simão, Janat, Afonso, Noa, Natália e João.
Não digo os apelidos por motivos óbvios, mas estes são os nomes dos meninos/meninas. Realçar o caso da Noa, que está atualmente internada a mais de 6 meses no hospital e tem 10 meses de idade. Desejo muita força para os pais da Noa e espero que no futuro muito próximo o zolgensma chegue o mais rápido possível a Portugal.
submitted by Water-Soup to portugal [link] [comments]


2019.02.19 15:17 Biotexcom-review Minha experiência e revisão do BioTexCom - HOT NEWS 19.02.2019

Minha experiência e revisão do BioTexCom - HOT NEWS 19.02.2019

Incidente escandaloso com a clínica ucraniana de medicina substituta

Olá a todos. A equipe de jornalistas pesquisou muitos clientes, que a BioTexCom enganou. Conseguimos encontrar clientes insatisfeitos. Somos compradores enganados da clínica BioTexCom de medicina reprodutiva. Quando foi o evento inovador com eles, quando a empresa enganou as pessoas, desejamos escrever o máximo de críticas possíveis e ajudá-las. Fizemos uma ótima operação e pesquisamos muitos dos incidentes de feedback negativo da organização BioTexCom. Todos eles você pode procurar em rede a pedido "críticas de biotexcom". Decidimos apoiá-los e ajudá-los. Com nossa ajuda de colunista, menos pessoas se voltarão para os enganadores.
Abaixo você pode pesquisar dados de humanos que caíram na atmosfera, que estavam vinculados aos serviços da BioTexCom.

Avaliações sobre BioTexCom

Eles pediram aos colunistas para apoiá-los. Oliver e Jane ajudam a nossa equipe e, em equipe, estamos pesquisando informações e analisando-as. Com a ajuda do jornalista, eles compõem este artigo. Obrigado pela ajuda Oliver e Jane.
Quando os pais imaturos não têm oportunidades de ter filhos, eles recorrem às empresas substitutivas. Muitos deles estão localizados na Europa Oriental. Uma das empresas de medicina reprodutiva bem conhecidas é a BioTexCom. Há muita gente na Europa, que usa o serviço deles. Se examinar pesquisas de biotexcom, é possível procurar muitas pesquisas negativas.
Finalmente esta companhia ficou conhecida porque eles não utilizam o DNA de uma pessoa. Esta empresa faz algumas operações sem condições necessárias. Alguns humanos da Itália, Polônia e Romênia visitam a Ucrânia e pegam bebês.
Você pode ver informações de Cecilia Rizzika, que é advogada italiana. Ele contou que no início seus clientes em 2010 chegam à empresa e visitam a agência. Na organização, os médicos forneceram uma mãe de aluguel, que vai engravidar com o esperma do futuro pai, mas o esperma não foi compreendido. Sobre a situação futura mãe e pai obtêm evidência depois de teste de ADN. O custo do procedimento foi de 30.000 euros.

biotexcom.pt centro de revisão de reprodução humana
Fonte e assistir vídeo.
Também um dos fatos consistiu em bebês que foram levados para a República da Polônia e Romênia. Na Ucrânia, um ponto criminal tem sido a sociedade para a agência. Também foi fundado dados que muitas crianças foram entendidas de mães vazias que obtêm um diagnóstico de "infertilidade 1 grau".
Portanto, para a Procuradoria Geral da Ucrânia BioTexCom está funcionando em duas grandes cidades da Ucrânia. Eles recuperam as pessoas que precisam de moedas e as propõem. Muitos gerentes da clínica estão trabalhando em Kiev em Kirovograd. A cidade 2 é uma das áreas mais opressivas em toda a Ucrânia. Mas o grupo culpado, ordenado por um cidadão da Moldávia e da Alemanha, não cuidou da coleta por muitos meses. Em terra italiana, algumas pessoas conhecem o BioTexCom muito bem. Esta empresa está sendo debatida em fóruns. Mais dados você pode no entanto encontrar sobre esta atmosfera no link aqui Biotex Review.
Organização no entanto, use condições horríveis. Em 2012, a Sra. Maria de Vinnitsa propôs o programa de maternidade e adoeceu com hepatite B. Como ela disse, todos os dias ela perguntava sobre dinheiro e sob a firma de contato precisava pagar 200 euros todos os meses por suprimentos médicos, vitaminas e suprimentos. . Para cada trimestre de gravidez, ela deveria obter 1200 euros. Todo esse dinheiro que a jovem Maria não aceitou. Quando mais tarde mãe italiana e pai vêm para Maria, especialistas disseram que ela tem posers com gravidez e é necessário pagar 8000 euros e modelar pesquisa. Na verdade, como mais tarde Maria descobriu, esse tipo de exploração não era necessário. Além disso isto em 24 semanas a mãe jovem tem outros problemas com a sua saúde. A mulher forneceu informações: “Eu venho aos médicos na enfermaria e os médicos disseram que eu tenho doença”. Sobre esta história, você também pode ler mais no BioTexCom Center Review.
Agora, muitas pessoas em todo o mundo sabem que não devem confiar na clínica BioTexCom. Muitos clientes que usaram serviços dessa clínica não participam do conselho para usar os serviços do BioTexCom. Na biotexcom estão trabalhando vigaristas. Nossa estimativa de trabalho firme - 1/10 pontos. Alguns humanos precisam ter certeza de que essa clínica funciona como uma companhia desonesta. Você precisa, no entanto, saber que na empresa estão trabalhando muitos especialistas técnicos que eliminaram quaisquer retiradas. Queremos fornecer-lhe julgamento. Nunca use os serviços desta empresa se você não quiser ser combinado com problemas criminosos ou diferentes.
Hoje a BioTexCom é uma das maiores empresas. Na verdade, clínicas de perfil restrito na Ucrânia não admitem fazer as mesmas coisas. A principal tarefa - eles marcaram sua reputação e não querem decepcioná-la.

Como trabalhamos com biotexcom.pt

Também aconselhamos a leitura e pesquisa de itens na mídia internacional, que estamos encontrando. Lá você poderia procurar julgamentos e culpa da Procuradoria Geral da Ucrânia e opiniões de outros humanos sobre esta clínica.
No entanto, estamos pesquisando opiniões de gerentes que foram trabalhados no BioTexCom. Estamos encontrando médicos que foram trabalhados no BioTexCom. Os médicos confirmam que a clínica usa diferentes maneiras de enganar o folr em todo o mundo. Os médicos também disseram que os médicos não se importam com a saúde dos clientes.
  1. A equipe médica não está oficialmente trabalhando. Como regra, pediram a especialistas de outras clínicas que fizessem o procedimento.
  2. Este maintaince não tem instalações médicas suficientes. Alguns médicos precisam fazer operações pelos braços. É incomum.
  3. Manter o valor de $ 39.000 não define o sexo do garoto. No entanto, outras clínicas fazem isso de graça e devem dizer dados necessários.
  4. Nos vídeos mostrados para os clientes, as pessoas da BioTexCom devem ver os apartamentos elite. Não é verdade.
  5. Também os gerentes da BioTexCom disseram que eles são uma clínica de maternidade inteira. Na verdade, eles estão alugando 4 enfermarias melhoradas na empresa municipal Kyiv Maternity Hospital №3. E nos gerentes de vídeo exageram e mostram essa instituição estatal como sua clínica.

biotexcom.pt revisão clínica

Lista negra de sites baseados em avaliações reais de clientes da BioTexCom

Não confie:
biotex.com.ua
mother-surrogate.info
biotexcom.com
leihmutter-schaft.de
mereporteuse.info
biotexcom.es
uteroinaffitto.com
mamasurogat.net
biotexcom.pt
wukelandaiyun.cn
biotexcom.jp.net
biotexcom.co.il
zamestvashtomaichinstvo.com

This is automated translate from English version of text: https://www.reddit.com/useBiotexcom-review/comments/as8vi5/my_experience_and_review_of_biotexcom_hot_news/
submitted by Biotexcom-review to u/Biotexcom-review [link] [comments]


2019.01.08 20:26 apsribeiro Pai aos 23 com problemas familiares.

Olá a todos, não sou muito bom em escrever então tentarei ser breve.
A 2 anos atrás conheci uma menina. Na primeira vez que transamos ela engravidou, assumimos um namoro, o filho, e por algum motivo acreditamos que a gente realmente se amava.
Diferente da minha família que sempre me apoiou em tudo, a família dela quando soube da gravidez meio que me disse "assume seu b.o ou para de namorar minha filha" ou algo do tipo. O padrasto, um policial militar que sempre tratou ela mal, presenciei várias humilhações verbais durante algumas discussões dos dois. A mãe é submissa, parece gostar mais do marido do que da filha.
Com isso, tirei ela da casa dos pais e aluguei um apartamento pra morar com ela, foram meses intensos durante a gravidez, qualquer coisa era motivo de discussão, ela dizia que ia se matar e tudo mais. Durante 9 meses acreditei que o pscicologico dela estava abalado por conta da gestação, quando meu filho nasceu tivemos 1 semana de paz e depois as discussões voltaram ainda mais intensas.
Ficamos no apartamento 1 ano, nesse tempo muita coisa aconteceu, parei de falar com os pais dela por uma discussão seria que tive com eles. Os donos do apartamento pediram pra gente sair pq eles iam vender o imóvel, era contrato de gaveta. Normal.
Saímos do apartamento e por não encontrar outro imóvel equivalente pelo mesmo valor viemos morar com a minha mãe, na casa mora minha mãe, meu padrasto, minha irmã. A casa é grande, havia um quarto sobrando com espaço suficiente para eu, minha namorada e meu filho. No começo foi tranquilo, agora depois de 1 ano que moramos aqui a convivência piorou muito. Ela e minha mãe fingem que se dão bem, ela mal fala com o meu padrasto e tem uma amizade forte com a minha irmã.
Desde que moramos aqui a nossa relação piorou muito também, discutimos quase todo dia, não conseguimos sair direito pelo fato do bairro não ser bem servido de transporte público, não tenho carro, etc.
Eu também não sou a pessoa mais fácil de se conviver, alguns amigos dizem que estou depressivo. Me tornei uma pessoa que perde o controle facilmente. Todos ao meu redor dizem que sou muito ignorante e vivo de cara fechada. Na real eu estou bem descontente com a minha vida e um pouco desesperado, até suicídio já passou pela minha cabeça mas eu não teria coragem por imaginar o sofrimento dos meus pais e meu filho. Eu perdi meu emprego, tranquei a faculdade, me afastei dos meus amigos, parei de fazer coisas que eu gostava, me tornei sedentário. Tudo isso aconteceu de 2 anos pra cá, mas não digo que o motivo de tudo isso é a meu relacionamento ou muito menos meu filho.
Preciso tbm relatar que a minha namorada perdeu a confiança dela em mim. Aconteceu algumas vezes dela mexer no meu celular e ver que eu curti fotos de meninas, que instalei o Tinder no celular e etc. Nem eu sei direito pq fiz isso pq nunca passou pela minha cabeça trair ela.
Dito isso, hoje aconteceu uma coisa que me fez escrever toda essa porcaria. Eu tinha a senha do Instagram dela guardado, e resolvi mexer. Encontrei uma conversa dela com uma amiga e resumindo essa conversa, um cara com quem ela teve um rolo no passado falou com ela e ela respondeu. Ela falou pra amiga que se arrepende de não ter transado com ele, mas que estava com vontade e está aguardando ele chamar ela pra conversar de novo.
Talvez isso seja pq faz 1 mês e meio que não transamos, com tantas discussões no meu relacionamento e com tanta merda na minha vida, nem isso tenho vontade mais. Engordei tanto que me tornei totalmente diferente fisicamente de 2 anos atrás. Sinto vergonha do meu corpo.
Enfim, não sei se devo conversar sobre essa conversa que achei com ela, não faço ideia de como abordar.
Parece que estamos realmente perto do fim, e vcs devem estar perguntando pq não terminamos ainda, e o motivo é que eu não consigo imaginar ela voltando pra casa dos pais e meu filho convivendo com aquelas pessoas tóxicas. Claro que não iriam maltratar o meu filho, porém ele seria educado de uma forma totalmente diferente da que eu julgo correta. Isso me manteve nessa relação todo esse tempo.
Se ninguém leu até aqui tudo bem, pelo menos serviu de desabafo. Se alguém leu e quiser me dar um conselho, aceito com muita gratidão.
Obrigado a todos!
submitted by apsribeiro to desabafos [link] [comments]


2018.09.15 01:24 Thefirstonechosen Solução para a desigualdade salarial

OK, assunto tenso, não sou economista nem sociólogo nem sou especializado em nada. (se tiver algum erro de digitação ou ortográfico me perdoem)
O texto se trata da igualdade salarial entre homens e mulheres.
Quando analiso um indivíduo, eu costumo o dividir em 5 partes, o indivíduo social, o indivíduo econômico, o indivíduo filosófico, o indivíduo biológico e o indivíduo como um todo.
Para entender meu texto primeiro deves entender duas coisas:
A 1° é que vamos dividir o indivíduo mulher em duas perspectivas: a primeira é a mulher social, a segunda é a mulher econômica. A mulher social é como a mulher se encaixa na sociedade, a mulher econômica é como a mulher se situa no mercado de trabalho.
A mulher social possui as mesmas capacidades e direitos que os homens, mesmos deveres e mesmas obrigações, ela se socializa igual os homens e etc.
Com a mulher econômica já é diferente. A mulher no mercado de trabalho possui mais direitos trabalhistas que os homens (não somos todos iguais?) bom, para ser exato, ela possui onze :
1 - Toda mulher, independente de estar grávida ou não, tem direito a intervalo de 15 minutos antes de começar o trabalho em jornada extraordinária, de acordo com o artigo 384 da CLT, ratificado pela Orientação Jurisprudencial 26. “E ainda que seja alegado que a Constituição Federal prevê a igualdade entre homens e mulheres, a constitucionalidade do artigo já foi reconhecida, considerando que a mulher desempenha dupla incumbência: a familiar e a profissional”. O não cumprimento do intervalo previsto no artigo 384 da CLT é o pagamento como extra do período de descanso entre a jornada comum e sua prorrogação, além de seus reflexos nas demais verbas trabalhistas.
2- A mulher pode aposentar-se integralmente cinco anos antes dos homens. A idade mínima para mulheres é de 60 anos, enquanto os homens devem esperar até os 65.
3- Licença-maternidade de 120 dias (a partir do 8º mês de gestação), sem prejuízo do emprego e do salário, que será integral. Caso receba salário variável, receberá a média dos últimos seis meses.
4 - A mulher também tem direito a duas semanas de repouso no caso de aborto natural.
5 - Ampliação da licença-maternidade por 60 dias, a critério da empresa, desde que a mesma faça parte do Programa Empresa Cidadã (Lei 11.770/08).
6 - Dois descansos diários de 30 minutos para amamentação, até a criança completar seis meses de vida.
7 - Estabilidade no emprego, o que significa que do momento da confirmação da gravidez até cinco meses após o parto a gestante não poderá ser demitida sem justa causa.
8 - A gestação não pode ser motivo de negativa de admissão.
9 - Ser dispensada no horário de trabalho para a realização de pelo menos seis consultas médicas e demais exames complementares.
10 - Mudar de função ou setor de acordo com o estado de saúde
11 - E com base no anterior, ter assegurada a retomada da antiga posição
(texto feito por Aline pinheiro).
Entendendo isso, podemos partir para a segunda coisa que deves entender.
Não confunda a mulher social com a mulher econômica, aqui estou isolando a mulher econômica e a analisando, socialmente dizendo, pessoalmente eu também me oponho, e esse texto tem a intensão de encontrar a solução pra desigualdade salarial, não tem a intenção de inferiorizar a mulher nem fazer apologia ao machismo.
tendo tudo isso em mente, partimos para o texto.
A mulher tem direito a um intervalo de 15 minutos por lei (como diz no texto), isso se dá por conta da dupla incumbência, trabalha em casa e registrado em firma, a mulher se aposenta 5 anos mais cedo que os homens, a mulher possui licença maternidade que pode ou não ser aumentada, ela também tem direito a uma licença em caso de aborto espontâneo. Porém, não é rentável para uma empresa pagar o mesmo salário a um indivíduo que produz menos, pois tem direito a mais pausas, tem direito a licenças e se aposenta mais cedo, isso é perca para o empregador e injusto para com outros funcionários.
Na sociedade que vivemos, o trabalho doméstico não é cobrado especificamente da mulher, a mulher social legalmente não é obrigada a manter sozinha uma casa, voltando pra mulher econômica, é escolha da empregada e não do empregador a dupla jornada de trabalho, a questão da mulher se tornar dona de casa é um fato social que abala o econômico e é aqui que a sociedade erra, em achar quem um fator tão histórico social deve ser atribuído a um fato econômico, não existe nenhuma lei que obrigue a mulher a ser dona de casa, portanto, o empregador não deveria ter de dar uma pausa ou um intervalo a mais a ninguém, ao dar fim a essa pausa, podemos passar para o próximo avanço.
Mulheres também se aposentam mais cedo que os homens por conta dos mesmos motivos, a dupla jornada de trabalho, bom, já expliquei que um fator histórico social não deve ser atribuído a economia, porém esse fato não tem grande impacto na diferença salarial.
Agora entramos no assunto mais debatido nas redes sociais, " Por que a mulher deve ganhar mais se ela engravida?", esse comentário na perspectiva social é visto como extremamente machista, economicamente eu te pergunto, é justo um empregador ou empresa pagar para você ficar em casa por conta de você ter tido um filho? É justo com outros empregados ganharem a mesma coisa trabalhando que você estando em casa?
Então primeiramente temos que entender que gravidez surpresa é um fato social patológico no Brasil, o que não deveria ser, gravidez deve ser planejada como qualquer outro objeto econômico, sim, filhos são tanto sociais, como biológicos, como econômicos, e é ai que vamos para a solução que elaborei:
Uma nova lei é implementada, ela diz que:
Toda mulher tem o direito de acumular um banco de horas para licença maternidade, a empresa em si, não tem a obrigação de pagar o salário durante a licença sem o banco de horas, o salário pago durante a licença varia em relação ao banco de horas, quanto mais horas, maior o salário durante a licença, mesma coisa no caso de licença paternidade.
Essa mudança iria contribuir para muitos fatores, desde sociais a econômicos, as pessoa pensariam, se cuidariam e planejariam mais uma criança.
Acredito que, economicamente falando essas mudanças dariam jeito na diferença salarial.
A diferença social entre mulheres e homens já é um problema bem mais profundo e delicado...
submitted by Thefirstonechosen to brasil [link] [comments]


2018.04.20 20:34 CarroR24311 Como eu uso o Tinder pra despertar a “GP” interior em algumas mulheres

PRIMEIRO PASSO - O PERFIL
Bem, meu objetivo no Tinder sempre foi obter encontros com finalidade estritamente sexual, mas ao mesmo tempo precisava manter minha identidade preservada. Não estava buscando uma namorada, amante, crush, ou nada do tipo. "Ah, CarroR24311, mas não seria mais fácil então sair com uma GP?" Sim, seria...mas minhas motivações nem sempre são muito simples de serem definidas ou explicadas; encontro prazer no inusitado, no inesperado, na surpresa. Gosto de jogos, e me pareceu um jogo interessante essa "pescaria"...jogar a isca e ver quem nesse universo tão variado de meninas que aparecem todos os dias na descoberta do Tinder cairia na minha rede. Sabia desde o primeiro momento que seria uma loteria...sair com meninas das quais eu não sabia nada, das quais não tinha nenhuma informação senão meia dúzia de fotos e uma descrição que geralmente se resumia a signo, altura, gosta da série tal, dispensa quem quer apenas sexo (essa parte geralmente era a mais engraçada, por motivos óbvios).
Assim, o primeiro passo foi criar um facebook apenas com a finalidade de usar o Tinder, já que é obrigatório vincular uma conta do face ao Tinder. Feito isso, é hora de criar o perfil...por via de regras, no Tinder as pessoas avaliam as outras com base nas fotos e uma breve descrição. No meu caso a minha foto não mostrava a minha pessoa, mas sim uma sugestão sobre o meu objetivo ali. E minha descrição era bem objetiva, do tipo "Sou casado, busco relacionamento sexual e como retribuição ofereço um valor de até $$$ por cada encontro. Não busco romance ou namoro, ofereço e exijo o máximo de discrição".
SEGUNDO PASSO - A PESCARIA
Nesse momento se define o que se deseja, podendo limitar sua escolha por localização e faixa etária. No meu caso, no começo eu defini que gostaria de visualizar apenas meninas de 18-22 anos e localização de até 160 km do meu local. Nesse primeiro momento eu geralmente dava likes indiscriminadamente, queria mais ter um feeling se meu perfil iria fisgar a atenção de alguém. Logo no primeiro dia consegui 8 matchs, e então passei a ser mais seletivo, reduzindo o "range" de distância e concentrando meus likes apenas nas meninas que de fato me chamavam a atenção.
TERCEIRO PASSO - DEI MATCH, O QUE FAÇO AGORA
Bem, eu uso a seguinte regra: se dei like por último, eu começo a conversa, se a menina deu like por último, espero ela começar. No meu caso, tudo sempre começa com o famoso "Bom dia, tudo bem com você?", e em seguida eu pergunto se ela leu meu perfil por completo, se existe alguma dúvida com relação à minha proposta. Acho isso importante pois reforça a objetividade da oferta e não dá muita margem para a menina ficar de papo furado depois. Na maioria dos casos as meninas afirmam terem lido e estarem de acordo. Mas também na maioria dos casos elas vão querer saber um pouco sobre você, sua motivação, e principalmente, vão querer uma foto sua. Posso afirmar que 99% vão pedir para ver uma foto antes de seguir em frente, e existem mil maneiras que você pode enviar uma foto: colocando no próprio perfil do Tinder e depois tirando (não gosto de fazer isso, pois alguém conhecido pode justamente estar olhando seu perfil naquele exato momento), upando em um tumblr da vida e passando o link, ou então passando a conversa do Tinder para o popular WhatsApp. Eu geralmente uso essa última.
Bem, daí pra frente vai de cada um. Você vai ter que conversar com a menina e combinar o seu encontro. Eu geralmente pergunto à menina se ela prefere encontrar antes para tomar um café, conversar um pouco, quebrar o gelo, afinal de contas são garotas que na maioria das vezes nunca fizeram sexo em troca de dinheiro e ficam preocupadas de você ser um maníaco ao algo do tipo. Para uns 20% isso foi muito importante, e eu não teria sucesso com elas se não tivesse colocado essa possibilidade. As demais foram de boa para abate sem floreios. Também é bom salientar que na maioria dos casos de encontros pelo Tinder não é a menina que vem ao seu encontro. Você vai ter que ir atrás...e isso pode ser um empecilho para alguns.
Outra coisa, eu não pedi nudes para nenhuma menina. Como já disse lá no início, encarei essa experiência como uma loteria, e solicitar fotos sem roupas poderia colocar em risco meu objetivo. Tem muita gente no Tinder que fica só pedindo foto, e as meninas por razões óbvias vão ter muito receio de encaminha-las para um estranho. Em razão disso, tive alguns desapontamentos, mas no fim, como Edith Piaf posso afirmar que "Je ne regrette rien"
Com relação à duração dos encontros, isso também era algo totalmente em aberto. Eu particularmente preferia não definir nada, deixar rolar...assim, para algumas meninas eu paguei para ficar uma noite inteira o mesmo que valor que gastei para passar 20 minutos com outras.
Enfim, o resultado dessa experiência foram encontros com 19 meninas, das mais diversas origens e classes sociais. Vou descrever um resumo de cada um, para que tenham uma ideia do que poderão encontrar...
Menina 1 - Mesquita - 20 anos - Funcionária Pública
Bem, essa foi fisgada ainda na primeira leva de likes. Mulata, não muito bonita de rosto, mas tinha um corpão de passista de escola de samba. Combinamos na praça, e na hora marcada ela estava lá. Eu estava nervoso por ser meu primeiro encontro, e ela nitidamente também estava. Quando ela entra no carro bateu uma bad, pois as fotos haviam pegado apenas seus melhores ângulos, que eu pessoalmente não conseguia enxergar. Enfim, mas eu já estava ali, então ia tentar fazer daquele limão uma limonada. Já no carro ela começa a me elogiar, dizendo que me achou bonito e que não entendia o porque de eu estar pagando para sair com garotas, e no caso, estar saindo com ela. Eu pensei a mesma coisa, mas não disse. Como eu havia combinado antes com ela de sairmos para comer algumas coisa, fomos para o shopping almoçar e conversar um pouco, antes de ir para o hotel. Bem, pelo menos sem roupa ela compensava a cara. Menina bem gostosa, seios médios, bundão. pedia para chamar ela de puta e por fim, me ofereceu atrás que eu claro, não recusei. mas logo em seguida bateu a bad de novo, e disse a ela que tinha um compromisso e ia precisar ir embora. Devemos ter ficado em torno de 1 hora no hotel...na hora de pagar ela ficou muito constrangida, a princípio não quis receber. Mas depois de minha insistência, ela acabou aceitando.
No caminho para deixá-la de volta em casa ela contou que imaginava que iríamos ficar mais tempo, mas que como saiu cedo iria conseguir ir à reunião do grupo de jovens na igreja 54** . Achei essa parte engraçada, mas segurei para não rir. Dois minutos depois de deixá-la no local onde a peguei, descombinei no Tinder e fui seguindo meu caminho pra casa, quando ela me manda uma mensagem pelo WhatsApp perguntando o porque de eu ter descombinado. Enfim, como justamente estava nessa para não ter que dar satisfação a ninguém, não respondi e tratei de bloqueá-la no WhatsApp também. Ela foi a primeira de 36 contatos que estão bloquedos hoje no meu telefone, que vão de garotas que eu já saí e não quis repetir até meninas com quem eu comecei a conversar mas decidi por não encontrar.
Menina 2 - Volta Redonda - 21 anos - Estagiária em Escritório de Advocacia
Sim senhores, nesse afã por ppk eu fui parar em Volta Redonda. Como no começo meu "range" estava de até 160 km, acabei dando match com essa menina de lá, e ela me chamou tanta atenção que decidi que valeria a viagem. Pelas fotos do tinder e instagram ela parecia com a Mulan, personagem de um desenho da Disney. Na conversa pelo WhatsApp se mostrou instruída, tranquila, o que me animou ainda mais em encontra-la. Com ela não teve papo antes...nos encontramos e fomos direto para o hotel. Era a segunda vez que encontrava alguém em troca de grana e estava juntando para por silicone. Dei duas com ela, e poderia ter dado mais se quisesse, mas eu tinha que voltar ao Rio para trabalhar. Enfim, apesar de ter sido legal, não tinha intenção de repetir, então foi para o saco dos blocks também.
Menina 3 - Santa Cruz - 18 anos - Blogueira e Hostess
Fiquei impressionado com as fotos dela. Pelo WhatsApp a menina me pediu um monte de fotos, perguntou um monte de coisas, já estava ficando puto, mas como queria muito conhecê-la fui relevando. Até que ela passou um pouco dos limites, perguntando coisas da minha vida pessoal, daí eu dei-lhe um fora, e já imaginava que ela ia me xingar e cair fora, mas o oposto aconteceu. Ela pediu desculpas e ficou mansinha, me mandou até nudes sem eu pedir. hahahaha
Enfim, fui encontrá-la em Santa Cruz, e a menina queria manter as luzes apagadas no quarto. Muito gostosa, mas tinha um comportamento meio estranho. Parecia sofrer de distúrbio de dupla personalidade. Enfim, essa eu não bloqueei, pois achei que valeria a pena encontra-la novamente, mas três dias depois ela vem com uma história que estava precisando de grana para por implante no cabelo, se eu não podia adiantar, e tal...bem, percebi que essa mulher ia ficar no meu pé, então mais uma foi morar no saco dos blocks.
Menina 4 - Tijuca - 18 anos - Universitária
Quando dei match com ela eu nem acreditei. A menina era muito gata, mas muito mesmo...um corpo perfeito, conforme pude ver pelas suas fotos de biquíni. O relacionamento com ela extrapolou um pouco os limites que eu havia determinado para mim mesmo. Fui dormir na república onde ela morava, falava com ela todos os dias, já não pagava mais, mas a coisa já estava saindo do controle, então preferi me afastar. Dessa eu tenho saudades..
Menina 5 e 6 - Tijuca - 18 e 21 anos - Universitárias
Dei match com a de 21 anos, que durante as conversar informou que uma amiga também estava interessada. Me mandou fotos da amiga, que de fato parecia ser muito gata. Perguntei se ela e a amiga se pegavam, ela disse que não. Eu então questionei o sentido de eu sair com as duas. Elas disse que estava precisando muito de dinheiro, e que poderia fazer "2 pelo preço de 1,5". Bem, como eu estava muito afim de comer a amiga dela, topei. Nesse eu me dei mal...a amiga de fato era gata, mineira, 18 aninhos, branquinha, peitões. Uma delícia. Agora a menina que eu dei match era simplesmente diferente das fotos!!! Uma gordinha baixinha que eu não pegava nem de graça...mas é aquilo, "tá no inferno, abraça o capeta".
No hotel, as duas não podiam ficar no mesmo ambiente pois a mineira (que apesar de linda parecia um bicho do mato), tinha vergonha de dar na frente da amiga. Assim, a comi no banheiro enquanto a gordinha ficava no quarto olhando o que tinha na geladeira. Estava bom com a mineira, até que ela dá um troço e fala "agora vai com ela"...hahaha. Quase me desesperei, argumentei que estava bom ali, que não queria parar naquele momento, mas ela disse que estava ficando com a buceta ardendo por causa da camisinha. Enfim, muito puto fui comer a gordinha, que pelo menos tinha uma buceta quentinha e apertada...botei o travesseiro na cabeça dela e percebi que daquela forma, com ela de 4, até que não estava de todo ruim. Enfim, gozei e quando eu viro por lado a mineira já estava vindo arrumada do banheiro. isso não tinha passado nem 40 minutos de quando havíamos chegado. Pra não me estressar, levei as duas embora com a intenção de nunca mais ver a cara das delas. Até que um dia recebo uma mensagem no whatsapp de um número desconhecido, e para a minha surpresa era a mineira, que estava querendo sair de novo comigo (ou seja, estava precisando de grana). Falei que ela estava doida, que tinha me decepcionado da última vez e não estava afim de me aborrecer novamente. Daí ela falou que ia se esforçar para me agradar desta vez, pediu desculpas, quase implorou. Como ela era gostosa, e estava aparentemente arrependida, lá fui eu encontrá-la. Até que de fato foi melhor, mas ela estava afim de um patrono, e eu não queria ter compromisso de ter de ficar saindo sempre que ela precisasse de grana, então botei ela no saco junto com as outras.
Menina 7 - Baixada - 20 anos
Essa prefiro não relatar, sorry.
Menina 8 - Nova Iguaçu - 18 anos
Essa eu conheci por intermédio da menina 8, então boto na conta do tinder também. Branquinha, linda, uma princesa...essa eu faço questão de encontrar até hoje.
Menina 9 - Duque de Caxias - 18 anos - Lojista
As fotos dela eram sensacionais. Os seios foram os que mais me chamaram a atenção, mas o rosto era lindíssimo. Por isso até fiquei meio cabreiro. Mas ao vê-la pessoalmente fiquei impressionado em como ela era ainda mais bonita. Segundo ela, eu era apenas o segundo cara com quem ela fazia sexo na vida. O primeiro havia sido um namorado com quem ela havia terminado apenas dois meses antes. A menina era muito, mas muito gostosa, e além de tudo ainda deixou eu fazer várias coisas loucas. Detalhe, ela disse ter uma irmã gêmea, o que foi suficiente para aflorar em minha mente os mais perversos pensamentos. Infelizmente não encontrei mais com ela, embora tenhamos nos falado algumas vezes depois. Fico na esperança, pois dessa também tenho muitas saudades
Menina 10 - Magé - 20 anos - Universitária
Loira, 1,75 m de altura, mulherão. Mas com carinha de menina...essa foi engraçada, pois demoramos a nos encontrar. Ela só podia em um dia específico da semana, num espaço de duas horas. Como fui descobrir depois, ela estudava com o namorado, e a única matéria que eles não faziam juntos caia nesse horário. Então eu a pegava na porta da faculdade, saía correndo pro hotel, e antes da aula terminar eu tinha que deixá-la de volta, pois ela ia para casa com o corno. Nos encontramos 3 vezes, e só paguei a primeira...nas outras ela me chamou, pois como o namorado dela não comparecia (eram crentes), ela sentia falta de sexo e acabava pedindo minha "ajuda". Saí fora pois fiquei com receio de dar merda, mas valeu a pena a aventura.
Menina 11 - Duque de Caxias - 22 anos - Comerciante
Me chamou atenção pois parecia ser linda de rosto pelas fotos. E de fato era muito mas muito bonita. Mas tinha um corpo meio estranho. Já era mãe, e a gravidez acabou judiando da menina. Mas tinha os maiores seios que já vi na vida, ainda que um tanto que moles. Gente boa, não tive coragem de dar block de primeira, mas também não queria mais sair com ela. Só que ela ficava me mandando mensagem direto, daí não teve jeito e mandei pro saco também.
Menina 12 - Duque de Caxias - 21 anos - Universitária
Essa foi engraçado. Menina de Goiânia, nos falávamos pelo WhatsApp e seu sotaque dava o maior tesão, aquele "amorrr" fazia o pau subir na hora. Mas a menina era muito carente, e já no chat ficava falando que não ia querer receber pois tinha medo de isso afetar nosso futuro 08** 08** 08** . Bem, no dia do encontro saímos antes para tomar conversar, tomamos um chá, e a menina estava cheia de amor. Já no hotel se mostrou uma devassa na cama, muito gostosa, mas ela estava afim de romance, então tive de sair fora.
Menina 13 - Barra da Tijuca - 18 anos - Só fuma maconha 70**
Essa menina eu já encontrei algumas vezes. Tem um perfil social que difere da maioria das outras pois é de família abastada. Mora em uma mansão em condomínio fechado da Barra, tem tudo o que quer, e sinceramente eu não sei por que está nessa. Acho que ela curte o lance da aventura, sei lá...nunca entendi. Mas enfim, é gostosa demais, muito safada, então eu vou aproveitando.
Menina 14 - Campo Grande - 18 anos - Trabalha mas não sei aonde
Essa menina foi meio estranha, bonita, vivia me mandando nudes perguntando quando eu iria encontrá-la, até que um dia resolvi ir na longínqua Big Field. De fato muito gostosa, mas muito estranha também. Eu a elogiei assim que nos encontramos, tipo "você é muito bonita", e ela "eu sei!" 17** . Já fiquei meio bolado...calada, não falava absolutamente nada até chegarmos ao hotel. Bem gostosa, mas não me senti a vontade em nenhum momento com ela. Até que uma hora ela começa a ter dificuldades para respirar, e eu fiquei super bolado pensando que a menina ia morrer...ela disse que isso era normal, que ela precisava tomar um remédio para melhorar. Daí falei para irmos embora, mas ela não queria ir. Eu ficando desesperado, mas ela aparentou melhorar. Fumava igual um saci....fui puxar assunto, comentando que ela era muito quieta, até estranha. Que eu estava com medo dela...hahaha. Ela começou então a contar a história dela, que tinha vivido em orfanato até os 13 anos, um monte de história triste, daí fiquei na bad e insisti que tinha que ir embora. Finalmente ela aceitou. Nesse dia tive duas alegrias, uma quando a encontrei, e vi que era bonita, e outra quando consegui me ver livre dessa doida. Óbvio que foi para o saco.
Menina 15 - Jacaré - 18 anos - Terminando 2º grau
Menina bonita, mas meio feminista. Não depilava a perna nem as axilas. Estava menstruada quando nos encontramos (só descobri na hora), não chupava (nas palavras dela "não faço aquele job"), enfim, desastre total. E o pior é que ela ficou me ligando depois querendo me encontrar de novo...
Tiveram mais 4, inclusive uma que mora no Leblon, que eu até agora não acreditei que deu match. Conheci-a dois dias atrás e estou praticamente apaixonado. A mulher é tão linda, mas tão linda que só o fato de eu ter saído com ela valeu por todos os infortúnios que passei. Mas agora estou com preguiça de descrever, e esse texto está ficando muito longo. hahahaha
Enfim, fora essas, ainda tem 19 matchs para desenrolar, e isso tudo em pouco mais de 1 mês. As experiências foram das mais diversas, e dá para comer uma menina por dia nesse tinder se você tiver disposição, grana e tempo.
Espero que tenha sido útil para quem ainda tem dúvidas sobre a utilização desse app. Eu já estou perdendo o fôlego, tem umas meninas que ainda quero conhecer pois me chamaram muito a atenção, mas depois disso vou dar uma parada. Administrar a logística para todos esses encontros não foi fácil. Mas valeu a pena!
TL;DR: ofereço grana pra mulheres “normais” no Tinder em troca de sexo e elas aceitam. Seguem também relatos de alguns encontros.
submitted by CarroR24311 to brasil [link] [comments]


2017.09.24 18:22 iqurry420210890 Eu abortei.

Tenho 18 anos e estou no ano do vestibular, meu namorado tem 20, já trabalha e faz faculdade.
Minha primeira menstruação foi aos 9 anos e graças a isso minha ginecologista disse que eu não poderia engravidar ou até manter uma gravidez sem tratamento hormonal e por isso sempre fizemos sem proteção nos últimos 10 meses, tudo normal.
Acontece que minha menstruação atrasou. Passou um mês e eu comecei a ficar nervosa, contei pra ele. Ele também ficou nervoso, tentou manter a calmo e disse pra esperarmos, talvez eu ainda menstruaria, meu útero é frágil...
Não quero ter um filho, não agora. Preciso colocar minha vida no rumo certo, cursar medicina, amadurecer.
Vieram os enjoos, fome repentina, fraqueza. Seis semanas e fizemos o exame, estava grávida. Fui na ginecologista e ela disse que seria uma gravidez de risco, meu útero é fraco e talvez não aguente o feto. Ela me lembrou de nunca ter dito que "não era possível que eu engravidasse" e sim muito difícil. Perguntei sobre cytotec (pílula abortiva) e ela disse pra eu pensar muito bem no que iria fazer, pois traria riscos pra mim. Ela também fez questão de perguntar se era realmente o que eu queria isso e não meu namorado.
Ele pesquisou, perguntou aos amigos e encontrou por R$500. Não posso reclamar, ele sempre perguntou se era isso mesmo que eu queria, se eu me sentia bem fazendo isso.
Comprou e fizemos na casa dele. Jejum de 12 horas, muita cólica, muito sangue.
Não estou mais grávida e estou me sentindo bem.
Edit: Não entendam isso como propaganda! Faz mal e sei que posso encontrar complicações no futuro. Essa deve ser a última saída sempre! Não façam como eu, se previnam.
submitted by iqurry420210890 to brasil [link] [comments]


CONVERTENDO AS SEMANAS DE GRAVIDEZ EM MESES  #005 CONVERTER SEMANA EM MESES DE GRAVIDEZ, por que é tão confuso?  Monica Romeiro Gestação Semana a Semana - YouTube 12 SEMANAS DE GRAVIDEZ  Desenvolvimento Fetal Mes a Mes ... SEMANAS DE GRAVIDEZ - YouTube Como CALCULAR SEMANAS EM MESES de GRAVIDEZ - YouTube SEMANAS DE GRAVIDEZ X MESES DE GRAVIDEZ UM JEITO FACIL DE ... 37 SEMANAS - 9 MESES DE GRAVIDEZ  Patrícia Moreira - YouTube

Como contar a gravidez em semanas e em meses - BabyCenter

  1. CONVERTENDO AS SEMANAS DE GRAVIDEZ EM MESES #005
  2. CONVERTER SEMANA EM MESES DE GRAVIDEZ, por que é tão confuso? Monica Romeiro
  3. Gestação Semana a Semana - YouTube
  4. 12 SEMANAS DE GRAVIDEZ Desenvolvimento Fetal Mes a Mes ...
  5. SEMANAS DE GRAVIDEZ - YouTube
  6. Como CALCULAR SEMANAS EM MESES de GRAVIDEZ - YouTube
  7. SEMANAS DE GRAVIDEZ X MESES DE GRAVIDEZ UM JEITO FACIL DE ...
  8. 37 SEMANAS - 9 MESES DE GRAVIDEZ Patrícia Moreira - YouTube
  9. 36 SEMANAS 9 MESES DE GRAVIDEZ Boa Gravidez - YouTube

Converter semana em meses de gravidez é tão confuso, mas porque? Não seria apenas decorar quando a semana se converte em mais um mês de gestação? Na verdade é bem simples, o que complica é ... SEMANAS DE GRAVIDEZ X MESES DE GRAVIDEZ UM JEITO FACIL DE CONTAR . Nas minhas duas gestações eu ficava pensando como contar as semanas de Gravidez em meses, ... Veja mais em www.gineco.com.br/gravidez 12 SEMANAS DE GRAVIDEZ Desenvolvimento Fetal Mes a Mes Desenvolvimento Bebê desde a Concepção Livro Desenvolvimento do Bebê de 0 a 4 meses Aqui - https:/... Dúvidas em saber quantos meses de gravidez você está? Espero te ajudar neste vídeo!!! ;) Ouça meu podcast semanal: https://podcastasgemeaseeu.wordpress.... Me acompanhe nas redes sociais ... 37 Semanas é 9 meses de gestação. Agora seu bebê mede cerca de 47 cm e pesa aproximadamente 2.700kg. A partir desta semana pode acontecer os alarmes falsos p... Inscreva-se no canal: https://goo.gl/jnhMCv Calculadora da gravidez https://www.almanaquedospais.com.br/calculadora-da-gravidez/ Tabela da gravidez de semana... 36 Semanas é 9 meses de gestação. Agora seu bebê mede cerca de 46 cm e pesa aproximadamente 2.600kg. A partir da 36ª semana, seu médico irá marcar sua consul... 20 e 21 SEMANAS DE GRAVIDEZ (5 Meses) Patrícia Moreira by BOA GRAVIDEZ. 5:21. ... 27 Semanas de Gestação by BOA GRAVIDEZ. 3:49. 28 Semanas de Gravidez veja a formação Patrícia Moreira # ...